Constitui-se num recorte territorial que engloba, total ou parcialmente, quatro municípios: Angelândia, onde está sua nascente, Capelinha, Turmalina e Minas Novas, onde o rio Fanado tem sua foz no rio Araçuaí. O rio Fanado nasce no município de Angelândia, formado pela junção dos córregos Arrependido e São Benedito e tem uma extensão de 120km. Sua bacia abrange um território de 1.369 km², assim distribuídos: Angelândia, que está integralmente na bacia, possui 180 km², Capelinha possui 564 km² na bacia, Turmalina possui 61km² e Minas Novas possui 564 km². O trecho do rio Fanado que passa pelo município de Capelinha está geologicamente assentado sobre as seguintes unidades geológicas: A primeira unidade é constituída de uma pequena intrusão de rochas básicas, localizada na bacia do córrego do João, no município de Capelinha. A segunda unidade – MS, também é constituída de rochas antigas do embasamento cristalino, da Era Proterozóica, pertencentes ao Supergrupo São Francisco - Grupo Macaúbas - Formação Salinas. Esta unidade abrange praticamente toda a bacia, constituindo-se no seu substrato de base em que sobressaem as rochas, mica, grafita, xistos, quartzitos impuros e cálcio-cilicáticos. A terceira unidade – MSG, também faz parte das rochas antigas do embasamento cristalino, pertencendo ao mesmo Supergrupo São Francisco - Grupo Macaúbas e Formação Salinas. Aí predominam os gnaisses e anatexistos. Esta unidade abrange toda a porção sul dos municípios de Angelândia e Capelinha. A quarta unidade geológica – TQ, compõe-se de coberturas detrítico-lateríticas, detríticas e eluvionares, que caracterizam as chapadas disseminadas por todo o setor centro e norte do município de Capelinha, e a nordeste de Angelândia. A Micro-bacia do Alto Curso do Rio Fanado está localizada no município de Capelinha, na área que corresponde à faixa de terras que acompanha a calha do rio Fanado, englobando pequenos afluentes diretos e um conjunto de cinco micro-bacias dos córregos do Ipê, Soares, Camarinha e Vaquejador, na margem esquerda, e do córrego Fundo, na margem direita. Este trecho da bacia do rio Fanado está limitado, ao sul, pelas nascentes do Fanado, a leste, pela micro-bacia do córrego Fanadinho, a oeste, pela micro-bacia do ribeirão Fanadinho e, ao norte, pela rodovia MG-211. O principal afluente do Fanadinho é o córrego do Capão, ao qual se junta no local denominado Alto dos Bois, em Angelândia. O córrego do Capão possui uma micro-bacia tão extensa quanto a do córrego principal, ocupada densamente pela cafeicultura. Na margem direita, no município de Capelinha, o córrego Fanadinho recebe o córrego das Canoas. Esta micro-bacia drena toda a porção oeste da bacia do rio Fanado, localizada no município de Capelinha, delimitando-se, a leste, pela Micro-bacia do Alto Curso do Rio Fanado, ao sul, pelo município de Água Boa, a oeste, pela bacia do rio Itamarandiba, que ocupa a outra metade do município de Capelinha, e, ao norte, pela rodovia MG-211. A área urbana do município de Capelinha está localizada nesta micro-bacia, que é atravessada pelo córrego Areão, afluente do ribeirão Fanadinho, que tem ai sua nascente. Apesar de estar na bacia do Fanado, o manancial da cidade é o córrego dos Franciscos, o qual pertence à bacia do Itamarandiba.

Entre os municípios de Capelinha, Angelândia , Minas Novas e Turmalina, ne - ne

CEP 39.685-000 - Angelândia - MG

Informações úteis

Localização

Rural

Pontos de referência

Acesso Pela MG 214 – Sentido Capelinha a Novo Cruzeiro e estradas vicinais.

Horário de funcionamento

Horário de funcionamento

Tipo de visita

Não guiada, Guiada

Entrada

Franca

Atividades realizadas

Atividades ecologicas, passeios e recriações.

Acessibilidade