Em alguns pontos, a largura é menor devido à recomposição da vegetação, oi por causa de processos erosivos. È uma caminhada sem grandes obstáculos e com subidas pouco acentuadas. A vegetação de Mata Atlântica é abundante ao longo de todo o trajeto, proporcionando boa sombra ao caminhante. Durante o percurso, podem ser vistos muitos samambaiaçus (xaxins), enquanto se ouve o suave barulho das águas dos regatos e os cantos de aves como a araponga e o trinca-ferro. De um determinado trecho, avista-se a Serra das Cabeças. Segundo moradores da região, a Companhia Belgo Mineira explorava madeira naquelas terras, e transitava com caminhões por aquela trilha transportando lenha e carvão. O fato é que existem ruínas de fornos de carvoaria e um chassi de carreta abandonado, em bom estado de conservação, o que causa estranheza pelo contraste provocado pela densa mata a sua volta. Leia mais: http://arapongatur.webnode.com.br/aspecto-naturais/

Tel.: (32) 3721-7491

Comunidade do Boné , s/n - Zona Rural

CEP 36.594-000 - Araponga - MG

Informações úteis

Localização

Rural

Pontos de referência

Saindo da praça principal de Araponga seguir a estrada que da acesso ao pico do boné , chegar até pousada Remanso. Recomendo um guia local

Horário de funcionamento

Horário de funcionamento

Observação sobre funcionamento

É necessário solicitar autorização da sede do parque para fazer a travessia através doemail: pebrigadeiro@meioambiente.mg.gov.br ou (32) 3721-7491

Tipo de visita

Guiada

Entrada

Franca

Atividades realizadas

Caminhada

Acessibilidade