O Museu do Escravo situado em Belo Vale é uma instituição única no país. Possui um dos mais importantes acervos com peças referentes a escravatura brasileira. Foi criado em Congonhas nas dependências da Basilica do Senhor Bom Jesus, pelo Padre José Luciano Jacques Penido, natural do município de Belo Vale. Em 1977, foi transferido para a fazenda Boa Esperança em Belo Vale sendo oficializado como Museu municipal através da Lei nº 504/75 de 10 de abril de 1988. Em 13 de maio do mesmo ano, em comemoração do centenário da abolição da escravatura no Brasil, a instituição foi inaugurada em suas atuais dependências, um prédio em estilo colonial, projetado por Ivan Pavle Bojanic. O museu do Escravo é composto de seis salas. Ao fundo possui um amplo pátio ladeado pela senzala e ao centro um pelourinho. Nas salas do museu conserva mais de 3.500 peças que traduzem um pouco da violência e da crueldade a que os escravos foram submetidos no Brasil ao longo de 358 anos.

Tel.: (31) 3734-1649

secretariaculturabelovale@yahoo.com.br

Rua Antônio de Freitas Vitarelli, 6, Museu do Escravo de Belo Vale-MG - Centro

CEP 35.473-000 - Belo Vale - MG

Informações úteis

Localização

Urbana

Pontos de referência

Situado no centro da cidade, ao lado da igreja Matriz de São Gonçalo.

Horário de funcionamento

Horário de funcionamento

Tipo de visita

Guiada

Entrada

Paga

Valor: R$3,00

Métodos de pagamento

Dinheiro

Atividades realizadas

Exposição.

Métodos de pagamento

Dinheiro

Acessibilidade