A primeira Capela construída pelo Capitão Francysco Antônio de Moraes, em 1836, era um pequeno templo, que mais tarde haveria de ser aumentado. Em 1852, o Tenente-Coronel Elias de Deus Vieira tomou frente ao empreendimento, contratando o arquiteto João Guilherme Raimundo que, em outubro desse mesmo ano, deu início às obras de conclusão do templo. De 1852 a 1894 não foi possível encontrar registros a respeito da Capela de Nossa Senhora do Carmo. Somente no dia 24 de julho de 1894, por iniciativa do Vigário Manoel Francisco de Moraes, decidiu-se reconstruir inteiramente a capela, transformando-a em um templo à altura de Carmo do Paranaíba. No dia 1º de agosto de 1898 foi assinado um contrato com o engenheiro Francisco Palmério, visando à construção do novo templo. Conjugando esforços, ricos e pobres, todos participaram da construção. Conta-se que a razão de estar a Matriz de Nossa Senhora do Carmo de costas para a cidade seria por exigência do Coronel Sabino de Deus Vieira, que a queria de frente para a sua residência. Na ocasião em que foi demolida a primeira capela, ele teria manifestado esse seu desejo. No dia 27 de fevereiro de 1900 o povo "carmelitano" assistiu à bênção da nova Matriz de Nossa Senhora do Carmo, dada por Dom Eduardo Duarte Silva, Bispo da Diocese de Sant'Anna de Goiás.

Tel.: (34) 3851-2008

Rua Bonfim, 2, Igreja Matriz - Parque do Taboão

CEP 38.840-000 - Carmo do Paranaíba - MG

Informações úteis

Localização

Urbana

Pontos de referência

Para quem chega em Carmo do Paranaíba pela BR-354(sentido Patos de Minas\Carmo do Paranaíba), e pega a Avenida João Batista da Silva, uma das entradas da cidade. Siga em frente ate a Avenida Dr. Aristides de Melo. Ao passar pelo Banco Bradesco, tome a Avenida Frei Gabriel( a esquerda) e siga em frente.
Bem sinalizado com placas desde a entrada da cidade.

Horário de funcionamento

Horário de funcionamento

Tipo de visita

Não guiada, Auto-guiada

Entrada

Franca

Atividades realizadas

Celebrações Eucarísticas, Cultos, Novenas e visita não guiada entre outras atividades. As visitas são realizadas durante as celebrações.

Acessibilidade