No século XIX, o arraial da Mutuca se desenvolvia, no espaço Largo dos Tropeiros, como era conhecido, entre casebres e ponto para pousada de tropeiros, ciganos, circos e festas populares. Em 1880 foi construída nesse local a Capela dedicada à N.S. Aparecida, passando a ser chamado Largo da Aparecida. No ano de 1913 passou à denominar-se Praça Primeiro de Junho, e com a criação do Município de Elói Mendes, desmembrado de Varginha, alterou-se o nome para Praça da Bandeira, no ano de 1940. A Praça da Bandeira era cercada de belos casarões da época do Império e nela foram construídas a Delegacia e a Cadeia Pública no início do século XX, e o Mercado Municipal em 1967. Nesta praça está erguido o obelisco (chamado pirulito), como marco da construção da rodovia ligando Elói Mendes a Varginha, em 1923. No final da década de 1950, foi demolida a Capela de N. S. Aparecida, e construído no centro da praça o “Parquinho da Praça da Cadeia”, desativado em 1979. No canteiro logo acima da Igreja foi construída a Rodoviária em 1973, e em 2007, essa praça e a rodoviária, passaram por reestruturação e embelezamento. O Bem Imóvel “Praça da Bandeira”, está tombada pelo Decreto Nº 962, de 06 de março de 2006, e sujeito à proteção especial, de acordo com a Lei Municipal.

Tel.: (35) 3264-4403

Praça da Bandeira, S/N - Centro

CEP 37.110-000 - Elói Mendes - MG

Informações úteis

Localização

Urbana

Pontos de referência

Terminal rodoviário de Eloí Mendes.

Horário de funcionamento

Horário de funcionamento

Tipo de visita

Não guiada

Entrada

Franca

Atividades realizadas

Visitação e apreciação do bem histórico, alem de ser uma área de lazer.

Acessibilidade