A partir da década de 70, a EPAMIG juntamente com outras instituições de pesquisa desenvolveram tecnologias que permitiram o cultivo nos solos do Cerrado, considerados até então impróprios para a agricultura. Esse avanço tecnológico possibilitou a expansão das áreas de produção para alimentos, fibras e energia do país. Também foi introduzido o capim braquiária, gramínea que demonstrou alta adaptabilidade às condições edafo-climáticas brasileiras revolucionando a pecuária nacional.

As pesquisas desenvolvidas pela EPAMIG Oeste têm contribuído de forma significativa nas cadeias produtivas da soja, milho, trigo, café, fruticultura, bovino de leite bem como para o fomento da biotecnologia de sementes, matrizes, reprodutores, sêmen e embriões. As tecnologias geradas promovem a expansão e os ganhos de produtividade do setor agropecuário da região do Triângulo Mineiro e Noroeste de Minas. Um enfoque muito importante da ação da Epamig diz respeito à sustentabilidade da agropecuária, desenvolvendo tecnologias com responsabilidade social e ambiental.

A regional possui cinco laboratórios (solos, sementes, nematologia, biotecnologia vegetal e cultura de tecidos) que atendem aos projetos de pesquisa desenvolvidos pela empresa e também prestam serviços aos agricultores e pecuaristas da região.

Atualmente as principais atividades de pesquisa e prestação de serviços à sociedade na região do Triângulo Mineiro e Noroeste de Minas são nas áreas de bovinocultura, grandes culturas, fruticultura e cafeicultura através dos 03 Campos Experimentais.

Tel.: (34) 3317-7600

Rua Afonso Rato, 1301 - Bairro Mercês

CEP 38.001-970 - Uberaba - MG

Informações úteis

Localização

Urbana

Pontos de referência

Continuar pela Rua Afonso Rato até a portaria principal

Horário de funcionamento

Horário de funcionamento

Tipo de visita

Auto-guiada

Entrada

Franca

Atividades realizadas

Pesquisas.

Acessibilidade