A Igreja realiza celebrações religiosas, e foi restaurada a 10 anos e encontra-se muito bem conservada. A Igreja Matriz Madre de Deus faz parte de um período histórico importante para o Distrito de Angustura. Em 1870 uma comissão foi composta para a construção da Matriz: Coronéis Manuel Gonçalves de Figueiredo Côrtes, Joaquim Martins Ferreira, Militão José de Souza Ameno e o Capitão Almindo Ribeiro. Foram, então, escolhidos o engenheiro Francisco Sichierrolli; o mestre de obras Serafim José Pinto Fernandes e, como oficiais, Antônio Viana, Alexandre R. Couto, Fortunato Guimarães, Manuel Couto, José Sertório, Luiz G. da Costa (Minerva), José Rocha, Joaquim G. Lima, Manuel Maurício, entre outros.

Conforme se costuma relatar, mas ainda não se pôde ser confirmado, Madre Dios do Rio Angu, passou a chamar-se Mãe de Deus de Angustura porque, durante a Guerra do Paraguai, deste distrito saíram diversos voluntários e escravos em troca de alforria e um destes sobressaiu-se nas batalhas de Tuiuti e Angostura, sabendo-se que ele era filho de Madre Dios do Rio Angu. Por uma questão de semântica, o nome foi mudado para Mãe de Deus de Angustura, em vez de Angustura, em homenagem a esse herói angusturense. Em 11 de outubro de 1886, ainda inacabada, a Igreja Matriz foi inaugurada com apenas dois membros na comissão: Cel. Joaquim Martins Ferreira e o Cel. Casemiro Villela de Andrade, sendo o vigário o Pe. Eduardo Giebeles, convidado pela comissão em 1884, para organizar a paróquia. A visita do líder republicano Silva Jardim, em 14 de março de 1889, fez de Angustura um ponto de referência nas lutas progressistas do país. Houve a reação de fazendeiros adeptos do Império, utilizando seus empregados armados na tentativa de coagir o visitante. ( Pelo historiador: Mauro Luiz Senra Fernandes)

Distrito de Angustura , s/n -

CEP 36.664-000 - Além Paraíba - MG

Informações úteis

Localização

Rururbana

Pontos de referência

Localizada próxima aos casarões de Angustura (largo da Matriz)

Horário de funcionamento

Horário de funcionamento

Tipo de visita

Não guiada

Entrada

Franca

Atividades realizadas

Atividades religiosas.

Necessário autorização prévia

O acesso se dá a partir do contato com a responsável pela manutenção da igreja, Sra.Maria Cristina ou em dias de celebrações religiosas.

Informações complementares

A igreja encontra-se em bom estado de conservação, com característica neoclássicas.

Acessibilidade