Rua Doutor José Xavier, número 35, Centro. É neste endereço, numa pequena casa, que fica um grande acervo da história do município de Ipanema. Tudo que está no acervo foi iniciativa de apenas um morador: Rômulo Martins de Laia. Criada em 7 de setembro de 1912, a história de Rio José Pedro, antigo nome de Ipanema, começou bem antes, na era da escravidão. E no recanto cultural de seu Rômulo uma prova valiosíssima: um livro com registros dos primeiros habitantes da cidade. Entre os quadros, inúmeras fotos de quem faz parte da história de Ipanema. Além disso, discos de vários estilos e também móveis antigos da catedral da cidade. Vestes de padres que existem há mais de 100 anos também podem ser encontradas no local. A quantidade de itens em toda casa, seu Rômulo afirma não saber. Mas diz que se sumir qualquer coisa, ele vai dar falta. O recanto cultural existe há mais de 30 anos e já recebeu milhares de visitas. Todos precisam assinar o livro de entrada. Desde 2007 foi registrado com o nome em homenagem ao maestro Jésus Schitini, ex-morador de Ipanema. Mesmo depois de reconhecido como utilidade pública pela câmara de vereadores há 3 anos, o Recanto Cultural Maestro Jésus Schitini não recebe verba de órgãos públicos. O medo de seu Rômulo é perder parte da história de Ipanema se nenhuma iniciativa de melhoria for feita o mais rápido possível.

Rua Doutor José Xavier, 35 -

CEP - Ipanema - MG

Informações úteis

Localização

Urbana

Pontos de referência

Localizado a 50 m da Praça Central Coronel Calhau, sentido Rua Doutor José Xavier.

Horário de funcionamento

Horário de funcionamento

Tipo de visita

Não guiada, Guiada

Entrada

Franca

Atividades realizadas

Visitas e atividades culturais relacionadas a historia da cidade.

Acessibilidade