Artesanato inspirado na vida de escravas como Philó e Maria Conga, que segundo histórias foram as primeiras a usarem sobras de angu recheadas com guisado de umbigo de banana na Fazenda dos Portões- prato tradicional e que data de meados do século XIX. Philó e Maria Conga inspiram peças de destaque no artesanato de Itabirito, sendo representadas principalmente com bonecos de argila. O artesanato apresenta personagens negros de traços bem marcados carregando cestos de Pastel de Angu na cabeça e bebês no colo. Um detalhe interessante em seu trabalho é a mania de pintar mulheres negras e grávidas. Pois, naquela época, as escravas carregavam no ventre crianças condenadas à servidão e das quais poderiam ser separadas ainda na infância. De acordo com a artesã, é uma forma de homenagear as mesmas. As escravas, que teriam criado o Pastel de Angu, são criadas com roupas coloridas e de diversos tamanhos.

Tel.: (31) 98228-9638

Rua Gentil dos Santos, 41 - Inconfidentes

CEP 35.450-000 - Itabirito - MG

Informações úteis

Localização

Urbana

Pontos de referência

Partindo da Praça Dr. Guilherme, marco zero da cidade, seguir pela Rua Raul Soares. Na sequência, seguir a Rua João Pinheiro até o semáforo próximo à Escola Municipal Natália Donada Melillo. No semáforo, virar totalmente à esquerda na Avenida dos Inconfidentes. Na terceira à direita virar na Rua Gentil dos Santos e seguir até a residência de número 41.

Horário de funcionamento

Horário de funcionamento

Observação sobre funcionamento

Aos sábados, domingos e feriados a visita ao Ateliê da artesã ocorre mediante agendamento pelo telefone: (31) 98228-9638.

Tipo de visita

Auto-guiada

Entrada

Franca

Atividades realizadas

São realizadas atividades de artesanato com cerâmica; o espaço é aberto a visitação.

Acessibilidade