Com uma altitude 1.586 metros, desponta o Pico de Itabirito, um maciço rico de hematita de alto valor comercial, sendo seu teor de minério de ferro calculado em 69%, e sua reserva mineral avaliada em 300 milhões de toneladas. Localiza-se ao lado da Serra das Serrinhas e está dentro da Área de Proteção Ambiental ao sul da região Metropolitana de Belo Horizonte (APA SUL). É um importante marco geográfico e histórico, que serviu de referência aos bandeirantes durante a “corrida do ouro”. Podem ser encontradas dois tipos de vegetação: o cerrado e os campos rupestres, sendo este último considerado uma fisionomia do primeiro, ou seja, uma variação da vegetação em função do aumento da acidez do solo e da altitude, mudando relativamente as condições ambientais. A vegetação encontrada no atrativo é caracterizada como Campos rupestres, vegetação rasteira, com grande quantidade de plantas endêmicas. Seu solo possui grande acidez devido ao alto teor de minério de ferro que despontam em grandes afloramentos rochosos. Ao redor do Pico com altitude sutilmente menor encontra-se vegetação típica do Cerrado, com pequenos arbustos esparsos. O belo ícone turístico possui uma bela vista panorâmica para a Mina de Cata Branca (atrativo histórico); Morro do Cruzeiro, onde se localiza o Cristo Redentor; os distritos de São Gonçalo do Bação e Acuruí; o Morro do Chapéu, região de Belo Horizonte; a Serra da Santa e uma prolongada cadeia de Serras.

Tel.: (31) 3749-4740 / 3215-5266

barbara.gontijo@vale.com

Serra das Serrinhas, -

CEP 35.450-000 - Itabirito - MG

Informações úteis

Localização

Rural

Pontos de referência

Saindo da Praça Dr. Guilherme, seguir em direção à Belo Horizonte pela BR-356 até o Posto Fiscal da Polícia Rodoviária. Abandonar a BR entrando à esquerda, seguindo a estrada da VALE.

Horário de funcionamento

Horário de funcionamento

Tipo de visita

Guiada

Entrada

Franca

Atividades realizadas

São realizadas visitações guiadas, com o objetivo de salientar a comunidade escolar a importância do trabalho desenvolvido pela Empresa Vale para a economia da cidade e região, bem como suas ações mitigadoras dos impactos ocasionados em função da exploração do minério de ferro.

Necessário autorização prévia

Para conhecer o atrativo é necessário pedir autorização prévia por escrito ao departamento de comunicação social da Vale. As visitas são permitidas apenas as entidades de ensino de Itabirito a partir do 2º grau.
No dia do Pico, dia 15 de novembro, a Uai (União Ambientalista) promove caminhada em comemoração ao dia do Pico

Informações complementares

O Pico de Itabirito é o maior símbolo histórico que a cidade possui. Adorado no passado pelos primitivos da região, tornou-se um monte sagrado pela sua pompa que inspirava a presença de deuses, fazendo a idolatria de indígenas que reuniam em torno da enorme pedra constituída de pura hematita, que na linguagem dos primitivos significa “Pedra de Sangue”, serviu de orientação para os desbravadores da região.

Acessibilidade