Localizada em um paredão recuado na margem direita do rio Peruaçu. O local é cercado por pastagens, um pomar abandonado, como também ambientes em início de regeneração. Nas proximidades da lapa ocorre uma vegetação arbórea secundária. No final da trilha as formações florestais encontram-se bem conservadas. Caverna desenvolvida em calcários estratificados, sublinhados por filmes argilosos. O conduto principal no terço final é bloqueado por deposições químicas (colunas e escorrimentos). Apresenta uma largura média de 30m. A Lapa possui uma grande quantidade de espeleotemas frágeis, como estalactites e estalagmites, travertinos, ninhos de pérolas, cortinas e colunas. Essas delicadas formações se encontram nas paredes, tetos e pisos, quase sempre ao alcance do visitante.

BR 135, Km 155 - Comunidade do Fabião I

CEP - Itacarambi - MG

Informações úteis

Localização

Rural

Pontos de referência

O acesso até a entrada do Parque pode ser feito de ônibus ou carro, sendo que para acessar os roteiros do Parque é necessário veículo motorizado, próprio ou alugado.

- De avião: O aeroporto mais próximo é o de Montes Claros, que fica a 200 km da entrada do Parque. Há vôos regulares partindo do Aeroporto de Confins para Montes Claros, sendo que a partir de lá, é possível ir de ônibus de linha até Januária , Itacarambi e são João das missões

- De ônibus: É possível chegar a Januária ou Itacarambi, vindo de Brasília, Belo Horizonte ou Montes Claros.

- De carro: A sede do Parque fica na comunidade do Fabião I, às margens da BR 135, km 155. Partindo de Itacarambi, são 15 km ate o ICMBIO entrada do Parque Nacional Cavernas.

Horário de funcionamento

Horário de funcionamento

Observação sobre funcionamento

De segunda a domingo, de 08 às 18 horas, sendo que a entrada nos atrativos é permitida até as 15 horas.

Tipo de visita

Guiada

Entrada

Franca

Atividades realizadas

A trilha de acesso não oferece grandes riscos ao visitante, porém, em época chuvosa pode se tornar escorregadia. Alguns trechos possuem forte inclinação, piso escorregadio, blocos soltos, drenagens sazonais e processos erosivos que dificultam a caminhada. A travessia do rio Peruaçu pode ocasionar risco para o visitante, o que requer cuidados especialmente na época das chuvas. Na entrada da lapa pode ocorrer a presença de transmissores de endemias típicas da região como a leishmaniose.

Necessário autorização prévia

Todas as visitas ao Parque Nacional Cavernas do Peruaçu devem ser previamente agendadas junto à gestão da Unidade. Você pode solicitar o agendamento através do email: cavernas.peruacu@icmbio.gov.br, devendo encaminhar o formulário de solicitação de agendamento preenchido. Verificaremos a disponibilidade da data proposta e retornaremos seu e-mail, informando sobre a autorização. Para acessar os atrativos do Parque é necessário a contratação de condutor, sendo um condutor para cada grupo de 8 pessoas. Na Lapa Bonita, cada condutor pode levar apenas 5 visitantes. A contratação e agendamento do condutor é responsabilidade do visitante. O visitante deve se identificar na sede do Parque, no Fabião I, onde encontrará com o condutor agendado, assinará o termo de conhecimento de normas e riscos e seguirá para os atrativos do Parque.

Informações complementares

Os maiores atrativos são os painéis de arte pré-histórica da entrada. O interior é uma galeria única, com proporções médias, mas com muitos espeleotemas, entre eles, grandes escorrimentos, cortinas, travertinos, estalactites, estalagmites. A porção do fundo, com piso mais elevado termina em um notável conjunto de escorrimentos. Este conjunto motiva e justifica a visita ao interior da caverna e impressiona pela concentração de espeleotemas na zona escura.

Acessibilidade