O Conjunto Natural, Paisagístico e Arqueológico da Serra dos Milagres está situada a 2,5 km do centro da cidade. O atrativo possui 200 metros de extensão, constituído em lapa, gruta e o córrego dos milagres. Na parte mais baixa do relevo do atrativo, possui melhores condições de visitação, apresenta alguns conjuntos rupestres distribuídos ao longo de 70 metros de parede. Ainda se encontram mais a frente do atrativo, paredões chegando a 150m com grafismos pré-históricos datadas no período proterozóico. Encontram-se bacias, cursos e quedas d'águas formadas pelos córregos dos Milagres e da Lapa. No que tange a vegetação, possui uma flora exuberante da qual compreende espécies típicas de Campos Rupestres e Mata Atlântica: como canela-de-ema, suculentas, bromélias, candeias, jambo e peroba, podendo ser vistas bem de perto nas trilhas que compõe o atrativo.

Tel.: (31) 3836-5120

turismo@itmabedomatodentro.gov.mg.br

Estrada de Itambé do Mato Dentro/Ipoema, s/n - Fazenda Rancho de Cima

CEP 35.820-000 - Itambé do Mato Dentro - MG

Informações úteis

Localização

Rururbana

Pontos de referência

Seguir a rua central sentido estrada que liga o município a Ipoema ou Bom jesus do Amparo, percorra 2km ou ou subir o córrego dos Milagres a partir da Fazenda Rancho de Cima.

Horário de funcionamento

Horário de funcionamento

Observação sobre funcionamento

Não é recomendável permanecer ao atrativo após ás 17 horas. Devido a questão do momento do sol se pôr e ter pouca iluminação e segurança para o turista retornar, e pelo fato de após este horário ser possível prejudicar o habitat da fauna noturna.

Tipo de visita

Não guiada, Guiada

Entrada

Paga

Valor: R$5,00

Atividades realizadas

Trekking, escalada, ciclismo, contemplação e banho nas quedas d'água.

Informações complementares

O atrativo É composto basicamente 3 grutas e 1 abrigo de pinturas rupestres circunscrita de cachoeiras, bacias e cursos d'água.
São um conjunto de feições cársticas e predominância de quartzitos, formações geológicas típicas do maciço da Serra do Espinhaço.
O sítio rupestre da Serra dos Milagres possui grande valorização a nível nacional e mundial, sendo importante fonte para estudos arqueológicos.

Nesse sentido possui um rico potencial espeleológico e turístico, sendo a atividade turística controlada, devido ao tipico relevo, por abrigar vestígios históricos, fontes de grande relevância hídrica potável e fauna e flora em extinção. Além de ser patrimônio da cidade.

Em relação ao potencial espeleológico é possível encontrar dentro do atrativo: Toca da Esteira, Toca do Jatobá, Toca do Funil e Toquinha (uma escarpa da Serra de Cabeça de Boi potencial de captação de água)
No turístico, tem-se a Gruta dos Milagres, possui uma cabeceira d'água (Cachoeira dos Milagres), Serra dos Milagres e Serra da Lapa, esta última que possui uma depressão resultante da lavra antiga de ouro. Além das trilhas de acesso com muita vegetação de arbustos médios característicos do bioma presente da Mata Atlântica e flora exuberante de campos rupestres.

Observa-se a presença de morcegos, aranhas e abelhas no atrativo, recomenda-se cuidado ao visitá-lo.
Está localizada nas delimitações da APA Morro da Pedreira e APA ITACURU.

Acessibilidade