Roteiro obrigatório para os turistas que chegam a Morro da Garça a já tradicional subida ao morrão revela boas surpresas. O recomendado por todos quando se fala em subir o morrão é apreciar o nascer do sol no seu mirante. Todo o esforço da subida é recompensado com um belo espetáculo, a visão em 360º garante um belo panorama do cerrado. E a visão permite perceber bem os vários aspectos presentes no sertão, desde o cerrado que ainda sobrevive, como as vastas pastagens e imensas áreas de monocultura de eucalipto. Do morrão é possível ver boa parte de um sertão sempre em movimento, em transformação, onde os diversos usos da terra entram em conflito e se convergem formando um mosaico de paisagens, símbolos e signos. Ainda é possível ver a sombra do morrão formando uma pirâmide, fazendo jus a referência dada por Guimarães Rosa. O Roteiro se inicia na Casa da Cultura do Sertão e pode ser feito de carro até o inicio da subida do morrão, onde há uma porteira e se inicia a caminhada, podendo ser feito também a pé ou de bicicleta desde o inicio. São 7.380 metros, onde 5.000 metros são por estradas de terra em boas condições de tráfego e 2.380 são de caminhada até o topo do morrão. A subida é feita pelo lado oeste do morro. Saindo da cidade a partir da Casa da Cultura do Sertão, sentido ao morrão, são 2.500 metros até um entroncamento, seguindo a estrada à esquerda, sempre na direção do morrão. Depois são mais 2.500 metros até a porteira onde se inicia a subida, a partir daí deve-se seguir a pé, de bicicleta ou a cavalo por cerca de 2.380 metros. Dentre as curiosidades sobre a subida, Leite (1987) ao subir o morrão a cavalo, teve a paciência de contar as passadas do cavalo e destaca “[...] dera nosso cavalo nada menos de 3.000 passos.” A subida tem elevação total de cerca de 350 metros, saindo dos 660 metros de altitude e chegando a cerca de 940 metros de altitude no topo do morrão. A subida é feita em cerca de 1 hora e tem nível de dificuldade médio. A subida é feita por trilha larga e muito bem demarcada, onde é possível apreciar diversas árvores, plantas e flores típicas do cerrado, além de afloramentos rochosos. No alto do Morrão existem diversas antenas de televisão e rádio, além de uma construção que abriga os equipamentos para a propagação dos sinais. Existe também uma cruz que segundo a história local foi levada no lombo de burros a pedido de um padre da paróquia. O local apesar de não possuir nenhum tipo de infraestrutura acaba encantando pela paisagem que se disponibiliza ao olhar.

Tel.: (38) 3725-1110

Comunidade Rural , -

CEP 39.248-000 - Morro da Garça - MG

Informações úteis

Localização

Rural

Pontos de referência

Saído da Casa da Cultura do Sertão e pode ser feito de carro até o inicio da subida do morrão, onde há uma porteira e se inicia a caminhada, podendo ser feito também a pé ou de bicicleta desde o inicio. São 7.380 metros, onde 5.000 metros são por estradas de terra em boas condições de tráfego e 2.380 são de caminhada até o topo do morrão. A subida é feita pelo lado oeste do morro.

Horário de funcionamento

Horário de funcionamento

Tipo de visita

Auto-guiada

Entrada

Franca

Atividades realizadas

Fotografias, por do sol, lual, caminhadas, contemplação, etc.

Acessibilidade