Parque Nacional da Sempre Vivas

Ótimo lugar para os amantes da natureza Seu nome deriva da pequena flor conhecida popularmente como “sempre-viva”. A Unidade de Conservação está inserida em uma região de elevada importância histórico-cultural, o que levou a UNESCO a declarar o município de Diamantina, Patrimônio Cultural da Humanidade. A região foi ocupada por milhares de garimpeiros em busca de diamantes. A região tem nos seus limites um quase desconhecido parque nacional que abriga grandes aglomerados rochosos e um complexo mosaico de tipologias vegetais. O Parque das Sempre-Vivas foi criado em dezembro de 2002 e tem áreas com mata densa de fundo de vale, campos rupestres de altitude e uma grande concentração de nascentes, entre elas a do Rio Jequetinhonha. Atualmente o parque ainda está em fase de implantação e permanece fechado à visitação pública, qualquer incursão nesta área dever ser autorizada pela chefia da unidade em Diamantina.

Tel.: (38) 3531-3266

Principais atrações

Onde ficar

Onde comer

Encontre um Serviço

Onde se divertir

Pontos de interesse nas proximidades