A Cachoeira do Funil é assim denominada devido ao nome da Serra onde o curso do Rio São João encontra-se em um vale encaixado, em um cânion de aproximadamente 60 metros de altura, bastante acidentado e popularmente denominado de funil. Esta cachoeira, juntamente com a paisagem do entorno, constitui um dos pontos mais pitorescos do município de Rio Paranaíba. O Rio São João atravessa o município na direção leste-oeste e está localizado na bacia hidrográfica do Rio Paranaíba, sendo afluente deste, que é o principal curso d’água do município. O rio São João é perene e caudaloso, não poluído e possui águas pouco turvas devido à coloração do solo e da vegetação nativa encontrada ao longo das suas margens. A topografia da região é acidentada, onde a Serra do Funil constitui um dos pontos mais elevados do município de Rio Paranaíba. A vegetação típica é a de cerrado, com presença de mata ciliar de maior porte. Na região também podem ser encontradas várias espécies de animais da fauna nativa.

Fazenda Funil, , cachoeira Funil -

CEP - Rio Paranaíba - MG

Informações úteis

Localização

Rural

Pontos de referência

Rio São João, área rural do Distrito Sede, na porção sudoeste do município de Rio Paranaíba, denominado Serra do Funil que faz a divisa entre os municípios de Rio Paranaíba e Ibiá. A Cachoeira do Funil está inserida nos limites da Fazenda Paraíso Peão que possui terras nestes dois municípios, próximo ao povoado de São João, em Rio Paranaíba.

Horário de funcionamento

Horário de funcionamento

Tipo de visita

Não guiada

Entrada

Franca

Atividades realizadas

Local é muito aprazível, mas é pouco frequentado por visitantes devido à dificuldade de acesso. Poucos são aqueles que se arriscam em enfrentar as corredeiras do Rio São João. Por isso o local raramente é utilizado por moradores da região para pique-niques ou banho em suas águas.

Necessário autorização prévia

O local é muito aprazível, mas é pouco freqüentado por visitantes devido à dificuldade de acesso. Poucos são aqueles que se arriscam em enfrentar as corredeiras do Rio São João. Por isso o local raramente é utilizado por moradores da região para pique-niques ou banho em suas águas. O uso é de direito público por ser tratar de um curso d’água, mas não é constante, pois há restrições à visitação, já que este sítio encontra-se em propriedade particular.

Acessibilidade