A topografia caprichosa ondula o Morro do Pião, elevação de histórias centenárias, ponto de referência aos tropeiros que desbravavam trilhas de outrora. Na hora do ângelus, quando o sol vai se deitando atrás do morro do pião, temos aí o palco do mais belo entardecer mineiro. Cercado por uma vegetação tipicamente do cerrado, podemos encontrar diversas frutas e árvores que compõe nossa flora e fauna brasileira.

Tel.: (34) 3855-8146

Rua Capitão Franklin de Castro, , Saída para Carmo do Paranaíba estrada não paviment - Olhos D'água

CEP 38.810-000 - Rio Paranaíba - MG

Informações úteis

Localização

Rural

Pontos de referência

O acesso para o Morro do Pião, pelo setor oeste, inicia-se do centro do município de Rio Paranaíba seguindo, a partir da Igreja São Francisco de Chagas, pela Rua Capitão Franklin de Castro ou pela Rua J. H. de Resende até seus entroncamentos. As ruas urbanas são sinalizadas e pavimentadas. A partir desse ponto segue-se adentro do terreno particular de Cid Aguiar com estrada de terra e cercamento territorial. O acesso com veículo automotor é feito até as proximidades do Córrego Lava Pés. É necessário atravessar o córrego onde há apenas pedras improvisadas para a travessia. Adentrando o morro, o acesso é realizado por trilhas sem identificações de trajeto até o cume. O trajeto da Igreja de São Francisco de Chagas até o cume do Morro do Pião é de aproximadamente 3,60 quilômetros. Como o acesso ao cume se dá por caminhos que atravessam propriedades privadas, o acesso por veículo automotor é restrito, restando como alternativa apenas as trilhas. Próximo ao cume existe um muro de pedras executado por escravos, provavelmente, no século XIX que delimitava os terrenos dos antigos proprietários. Não há trilha direta de acesso até o muro, entretanto o acesso é fácil, pois não há vegetação fechada e de alto porte nessa zona.

Horário de funcionamento

Horário de funcionamento

Tipo de visita

Não guiada

Entrada

Franca

Atividades realizadas

O Morro do Pião é bastante frequentado por turistas e moradores da região. Há programas institucionais que promovem o acesso ao morro para desfrute e lazer, como a caminhada ecológica realizada pelos alunos das escolas da cidade de Rio Paranaíba. O uso do conjunto paisagístico se restringe as caminhadas até o topo do morro.

Acessibilidade