Escultura de madeira dourada e policromia. Imagem masculina jovem, representando Santo Antônio de Pádua. Posição frontal. Cabeça levemente tombada à esquerda. Resplendor. Tonsura. Cabelos curtos, estriados. Rosto oval, imberbe. Orelhas à mostra, lóbulo arredondado. Testa larga, alta. Olhos de vidro marrons, amendoados. Sobrancelhas marrons, altas, ligeiramente curvas. Nariz reto, fino, pontiagudo. Boca pequena, cerrada. Queixo fino, arredondado. Tronco esguio e curto. Braços flexionados. Mão direita segura o crucifixo e esquerda o livro e o Menino. Policromia e douramento fartos, ricos em detalhes. Menino com cabeça ligeiramente voltada à direita. Cabelos marrons, fartos e estriados. Testa curta, lisa. Orelhas semi-aparentes. Boca pequena, fechada; lábios finos, vermelhos;. Queixo bem marcado, arredondado. Pescoço curto. Tronco esguio, frontal, sem torção, umbigo marcado. Genitais à mostra. Braços abertos, flexionados na altura dos cotovelos. Mãos com dedos pequenos e grossos. Pernas levemente afastadas, à esquerda flexionada na altura do joelho. Pés à mostra, dedos curtos e grossos. Resplendor. Atualmente, usa túnica dourada doadas pela comunidade.

Tel.: (35) 3863-1538

Praça Governador Valadares, Sem Número -

CEP - Santo Antônio do Amparo - MG

Informações úteis

Localização

Urbana

Pontos de referência

Localiza-se na praça central da cidade

Horário de funcionamento

Horário de funcionamento

Observação sobre funcionamento

A imagem de Santo Antônio de Pádua pertence ao acervo da Matriz municipal de Santo Antônio do Amparo /MG, veio de São João Del Rei, em 1785. Possivelmente de origem portuguesa, constitui um belíssimo exemplar da imaginária do século XVIII.

Tipo de visita

Não guiada

Entrada

Franca

Atividades realizadas

Visitação à imagem de Santo Antônio de Pádua,

Informações complementares

A devoção à imagem de Santo Antônio de Pádua é muito grande. Jamais esteve fora do Santuário por muito tempo. Ocupava lugar de destaque no altar-mor da Matriz. Atualmente, encontra-se do lado evangelho da nave, próxima ao alta, acondicionada em uma vitrine de madeira e vidro. Ainda hoje, é comum às moças casadeiras testarem az intervenção do Santo para arranjar maridos. São doado as roupas, deixados pedidos e flores ao santo e o Menino Jesus. Felizmente, não é mais possível a remoção do Menino da imagem, já que a peça encontra-se trancada.
Sua festa é comemorada em 13 de junho. Como também é o padroeiro da cidade, Santo Antônio de Pádua, é celebrado em 13 dias de festas organizadas pela própria paróquia e pelo município. Com programação variada, entre missas, procissões, desfiles de cavaleiros e cavalos e shows, a festa atrai visitantes das cidades próximas e movimenta a cidade envolvendo toda sua população.

Acessibilidade