10 vezes que Minas provou ser a terra da gastronomia

22/04/2020

Minas Gerais é a terra da gastronomia, ou melhor, da boa gastronomia. Por isso, trazemos algumas curiosidades que reforçam que esse posto é nosso e ninguém tira!  Confere aí:



 1. A coxinha de catupiry nasceu em Minas





A coxinha é sem dúvida a queridinha entre os salgados. Essa perfeição, que nasceu na Europa no século 19, foi aperfeiçoada por uma mineira. E a gente fica aqui se perguntando como seria possível melhorar o que já era perfeito?! Foi em BH que, em 1972, a dona Thereza Martins criou e vendeu a 1ª coxinha de catupiry em uma lanchonete em plena Avenida Afonso Pena. Inspiração que chama, né?



2. O requeijão cremoso chegou ao Brasil em terras mineiras



Essa delícia chamada catupiry é uma receita que os italianos Mário e Isaíra Silvestrin trouxeram quando se mudaram para Lambari, sul de Minas, em 1911. O requeijão logo foi aprovado pelos conhecidos da família, que sugeriram a venda daquela iguaria. Nem precisa dizer que foi um sucesso, né? A dona Thereza Martins que o diga.



3. BH é a capital mundial de bares e botecos





Beagá tem 28 bares a cada km². Dá para acreditar? São 9.500 bares e botecos, espalhados pelos 332 km² da capital. No mundo todo, não se sabe de outra cidade que tenha tanto bar e boteco por km² como em BH. A estatística comprova: o título de capital mundial de bares e botecos é nosso!



4. BH é também Cidade Criativa da Gastronomia pela UNESCO





Apenas 36 cidades no mundo são reconhecidas pela Unesco por sua gastronomia, e Beagá está entre elas. Desde 2019, a capital mineira faz parte desse seleto grupo, lado a lado com cidades do Peru, Itália, Turquia, México e Índia.



5. O modo de fazer o queijo em Minas é patrimônio brasileiro





Os famosos queijos mineiros, conhecidos de norte a sul do país, são tão mas tão tradicionais e deliciosos que muitos já foram medalhistas em concursos internacionais da categoria. Mas seu maior título é que o modo de fazê-los se tornou patrimônio cultural imaterial do Brasil. Justo, não é mesmo? Afinal, nenhum outro estado tem um queijo com seu nome. 



6. E o ofício das quitandeiras também é patrimônio cultural





As quitandeiras dominam a arte de preparar os mais perfeitos bolos, broas, pães, doces e biscoitos. Em Minas esse ofício é patrimônio. Valorizamos os saberes e segredos dessas cozinheiras de mãos cheias. E claro, ainda garantimos assim a continuação dessa saborosa tradição.



7. Minas é a Bélgica brasileira





Minas é conhecida como a Bélgica tupiniquim, isso porque produzimos uma grande variedade de cervejas artesanais. Os prêmios internacionais não nos deixam mentir sobre a qualidade desses rótulos, esse apelido é merecidíssimo.    Se não bastasse, somos o 2º maior produtor brasileiro, em volume, da bebida.



8. A maior produção e exportação de café no Brasil é mineira





Seguimos no topo também quando o assunto é produção e exportação de café. O Brasil é o maior produtor mundial de café e mais da metade desses grãos vem daqui de Minas. Não é pouca coisa não, viu? Sem falar dos cafés especiais, que também somos grandes produtores. Vai um cafezin aí?



9. O 1º azeite brasileiro foi produzido em Minas





Minas também produz azeite. Não sabia? Maria da Fé, no sul do estado, iniciou a produção do 1º azeite brasileiro, que por sinal tem qualidade reconhecida e premiada internacionalmente. Os azeites mineiros têm ganhado lugar nas prateleiras pelos sabores que carregam nossa tropicalidade.



10. E também é campeã no consumo de carne de porco no Brasil





Com isso a gente já explica o porquê de tantos pratos em Minas terem ingredientes como linguiça, lombo, barriga, costelinha, bisteca, pernil, torresmo e por aí vai. A tradição da carne suína em Minas faz com que cada mineiro consuma, em média, 21kg por ano, sendo a média brasileira de 15,3kg.



Bônus



11. Somos a terra do pão de queijo





O simples fato de alguém ter pensado “olha, vou juntar polvilho, ovos, queijo, leite, óleo e sal, vou amassar, enrolar e colocar pra assar” já faz de Minas O Paraíso Gastronômico na Terra. Essa é a receita do maravilhoso e irrecusável pão de queijo. Não falta na mesa do mineiro, aliás, de brasileiro nenhum. E, com isso, Minas zerou a vida.





Conhece Minas Como Ninguém?

Escreva Para o Blog Oficial

De Turismo de Minas Gerais

Envie um email se apresentando, deixe seus contatos que retornaremos. Ficaremos felizes em ter o seu olhar sobre noassas Minas! Não esqueça de caprichar, não só no texto, mas também nas fotos heim?!

Envie uma mensagem para o seguinte email: informaturismo@secult.mg.gov.br, e conte suas experiências em cantinho de Minas que você ama!

Como realizar passeios

Incríveis por Minas?

Conheça os receptivos turísticos que vão te levar para conhecer Minas Gerais. Busque Minas Recebe aqui no portal!

Siga Nossas Redes Sociais E

Compartilhe seus momentos em minas!

Busque pelo @VisiteMinasGerais e use #TurismoMG em suas fotos para ser nosso destaque!


Conteúdo Relacionado

Tags

Arquivo

2020

2019

2018

2017

2015

Conhece Minas Como Ninguém?

Escreva Para o Blog Oficial

De Turismo de Minas Gerais

Envie um email se apresentando, deixe seus contatos que retornaremos. Ficaremos felizes em ter o seu olhar sobre noassas Minas! Não esqueça de caprichar, não só no texto, mas também nas fotos heim?!

Envie uma mensagem para informaturismo@secult.mg.gov.br e conte suas experiências em cantinho de Minas que você ama!

Como realizar passeios

Incríveis por Minas?

Conheça os receptivos turísticos que vão te levar para conhecer Minas Gerais. Busque Minas Recebe aqui no portal!

Siga Nossas Redes Sociais E

Compartilhe seus momentos em minas!

Busque pelo @VisiteMinasGerais e use #TurismoMG em suas fotos para ser nosso destaque!