Gosto de Minas: Caldos

03/07/2020



De mandioca, feijão, mocotó ou moranga, os caldos são parte da tradição junina e uma ótima opção para aquecer no frio da época. Muito famosos na gastronomia mineira, os caldos são conhecidos por alinhar sabor e calor na medida certa. 



Um pouco de história



Segundo historiadores, os caldos surgiram antes das sopas, como uma forma de cozinhar carnes e vegetais que crus, são muito duros, conferindo a eles uma forma diferenciada e um sabor mais apurado. Na antiguidade, dividiam-se em dois tipos: os doces, elaborados com vegetais frescos no seu estado natural, e os ácidos, obtidos com plantas ácidas como as urtigas.



Quem anda por Minas, com certeza sabe que aqui existem diversas variações. Dos que tem a consistência mais rala, até os mais engrossados como o bambá de couve (que em algumas regiões é conhecido como caldo verde). Todo mineiro, com certeza, tem o seu preferido. 



Combinações e sabores que conquistam 



Com certeza eles já extrapolaram a época junina e ganham cada vez mais espaço na mesa atual, sendo servidos como tira gostos e até pratos principais de bares e restaurantes. Os rodízios também se firmam entre as opções de programas gastronômicos, servindo opções infinitas e permitindo combinações deliciosas. 



Pra mostrar o quanto os caldos são versáteis e simples de fazer, convidamos o chef Sinval, que trouxe duas opções maravilhosas!  Um tradicional caldo de mandioca com lombo defumado e um caldo de tomate, que além de muito saboroso, é uma ótima opção para quem não consome carne. Você sabia que somos o terceiro maior produtor de tomate do país? Pois é! E na produção de mandioca, também somos destaque no Norte de Minas. É um privilégio fazer receitas com produtos da terrinha! Bem Mineiro! 



Então pega o avental, tome nota dessas receitas super saborosas, chama a família pra cozinha e depois compartilha os resultados com a gente nas redes sociais! Se quiser conhecer mais receitas deste chef siga o seu canal no Youtube. 



CALDO DE TOMATES ASSADOS





Ingredientes

10 a 12 tomates italianos bem maduros

3 cebolas médias

3 dentes de alho

1 ramo de alecrim ou manjericão frescos 

1/2 cenoura

1 e 1/2 xícara (chá) de caldo de carne ou vegetal 

Sal e pimenta-do-reino a gosto

Azeite para regar os tomates

Queijo Brie (opcional) 



Preparo:

Corte os tomates ao meio no sentido vertical e ponha numa assadeira com a parte cortada virada para cima.

Descasque as cebolas e corte-as ao meio; descasque os dentes de alho, mas deixe-os inteiros; descasque a cenoura e corte ao meio; distribua os três na assadeira com os tomates com a erva fresca escolhida (manjericão ou alecrim).

Tempere com sal e pimenta, regue com azeite e leve ao forno preaquecido a 220°C. Asse os vegetais por aproximadamente 30 minutos, até estarem levemente tostados.

Tire do forno, espere amornar e ponha os vegetais no liquidificador, ou no processador, junto do caldo de legumes ou de carne. Bata até obter um creme espesso num estilo rústico.

Leve o caldo para a panela para aquecer e confira o sal e a pimenta. 

Sirva quente, puro ou com pedacinhos de queijo Brie no fundo do prato. 



CALDO DE MANDIOCA COM LOMBO DEFUMADO





Ingredientes:

500g de mandioca cozida e picada

500 ml de caldo de carne caseiro (osso de costela, aparas de carne, cenoura, salsão, alho poró e cebola tostados e fervidos em água por 2h)

2 tomates maduros cortados em cubinhos

5 colheres (sopa) de azeite de oliva

2 cebolas raladas ou picadas

1 maço de cheiro-verde picadinho

Sal e pimenta a gosto

5 dentes de alho espremidos

250g de lombo defumado picado em cubos

1 pimenta dedo de moça



Preparo:

Misture a mandioca cozida ao caldo e deixe fervendo por cerca de 20 minutos mexendo sempre. 

Misture o tomate com o azeite, metade da cebola e do cheiro-verde, sal e pimenta e refogue os cubos do lombo defumado. Reserve metade dos cubos da carne à parte. 

Bata a mandioca com o caldo no liquidificador até triturar bem e adicione metade do refogado. Espere levantar fervura, salpique o cheiro-verde restante e sirva com os pedaços da carne do lombo defumado refogado por cima. 







Conhece Minas Como Ninguém?

Escreva Para o Blog Oficial

De Turismo de Minas Gerais

Envie um email se apresentando, deixe seus contatos que retornaremos. Ficaremos felizes em ter o seu olhar sobre noassas Minas! Não esqueça de caprichar, não só no texto, mas também nas fotos heim?!

Envie uma mensagem para o seguinte email: informaturismo@secult.mg.gov.br, e conte suas experiências em cantinho de Minas que você ama!

Como realizar passeios

Incríveis por Minas?

Conheça os receptivos turísticos que vão te levar para conhecer Minas Gerais. Busque Minas Recebe aqui no portal!

Siga Nossas Redes Sociais E

Compartilhe seus momentos em minas!

Busque pelo @VisiteMinasGerais e use #TurismoMG em suas fotos para ser nosso destaque!


Conteúdo Relacionado

Tags

Arquivo

2020

2019

2018

2017

2015

Conhece Minas Como Ninguém?

Escreva Para o Blog Oficial

De Turismo de Minas Gerais

Envie um email se apresentando, deixe seus contatos que retornaremos. Ficaremos felizes em ter o seu olhar sobre noassas Minas! Não esqueça de caprichar, não só no texto, mas também nas fotos heim?!

Envie uma mensagem para informaturismo@secult.mg.gov.br e conte suas experiências em cantinho de Minas que você ama!

Como realizar passeios

Incríveis por Minas?

Conheça os receptivos turísticos que vão te levar para conhecer Minas Gerais. Busque Minas Recebe aqui no portal!

Siga Nossas Redes Sociais E

Compartilhe seus momentos em minas!

Busque pelo @VisiteMinasGerais e use #TurismoMG em suas fotos para ser nosso destaque!