Turismo em Minas Gerais | Gosto de Minas: Caldos

Gosto de Minas: Caldos

Foto por: Foto: Daniel Chico
Atualizado em: 25/09/2020

De mandioca, feijão, mocotó ou moranga, os caldos são parte da tradição junina e uma ótima opção para aquecer no frio da época. Muito famosos na gastronomia mineira, os caldos são conhecidos por alinhar sabor e calor na medida certa. 

Um pouco de história

Segundo historiadores, os caldos surgiram antes das sopas, como uma forma de cozinhar carnes e vegetais que crus, são muito duros, conferindo a eles uma forma diferenciada e um sabor mais apurado. Na antiguidade, dividiam-se em dois tipos: os doces, elaborados com vegetais frescos no seu estado natural, e os ácidos, obtidos com plantas ácidas como as urtigas.

Quem anda por Minas, com certeza sabe que aqui existem diversas variações. Dos que tem a consistência mais rala, até os mais engrossados como o bambá de couve (que em algumas regiões é conhecido como caldo verde). Todo mineiro, com certeza, tem o seu preferido. 

Combinações e sabores que conquistam 

Com certeza eles já extrapolaram a época junina e ganham cada vez mais espaço na mesa atual, sendo servidos como tira gostos e até pratos principais de bares e restaurantes. Os rodízios também se firmam entre as opções de programas gastronômicos, servindo opções infinitas e permitindo combinações deliciosas. 

Pra mostrar o quanto os caldos são versáteis e simples de fazer, convidamos o chef Sinval, que trouxe duas opções maravilhosas!  Um tradicional caldo de mandioca com lombo defumado e um caldo de tomate, que além de muito saboroso, é uma ótima opção para quem não consome carne. Você sabia que somos o terceiro maior produtor de tomate do país? Pois é! E na produção de mandioca, também somos destaque no Norte de Minas. É um privilégio fazer receitas com produtos da terrinha! Bem Mineiro! 

Então pega o avental, tome nota dessas receitas super saborosas, chama a família pra cozinha e depois compartilha os resultados com a gente nas redes sociais! Se quiser conhecer mais receitas deste chef siga o seu canal no Youtube. 

CALDO DE TOMATES ASSADOS

Ingredientes
10 a 12 tomates italianos bem maduros
3 cebolas médias
3 dentes de alho
1 ramo de alecrim ou manjericão frescos 
1/2 cenoura
1 e 1/2 xícara (chá) de caldo de carne ou vegetal 
Sal e pimenta-do-reino a gosto
Azeite para regar os tomates
Queijo Brie (opcional) 

Preparo:
Corte os tomates ao meio no sentido vertical e ponha numa assadeira com a parte cortada virada para cima.
Descasque as cebolas e corte-as ao meio; descasque os dentes de alho, mas deixe-os inteiros; descasque a cenoura e corte ao meio; distribua os três na assadeira com os tomates com a erva fresca escolhida (manjericão ou alecrim).
Tempere com sal e pimenta, regue com azeite e leve ao forno preaquecido a 220°C. Asse os vegetais por aproximadamente 30 minutos, até estarem levemente tostados.
Tire do forno, espere amornar e ponha os vegetais no liquidificador, ou no processador, junto do caldo de legumes ou de carne. Bata até obter um creme espesso num estilo rústico.
Leve o caldo para a panela para aquecer e confira o sal e a pimenta. 
Sirva quente, puro ou com pedacinhos de queijo Brie no fundo do prato. 

CALDO DE MANDIOCA COM LOMBO DEFUMADO

Ingredientes:
500g de mandioca cozida e picada
500 ml de caldo de carne caseiro (osso de costela, aparas de carne, cenoura, salsão, alho poró e cebola tostados e fervidos em água por 2h)
2 tomates maduros cortados em cubinhos
5 colheres (sopa) de azeite de oliva
2 cebolas raladas ou picadas
1 maço de cheiro-verde picadinho
Sal e pimenta a gosto
5 dentes de alho espremidos
250g de lombo defumado picado em cubos
1 pimenta dedo de moça

Preparo:
Misture a mandioca cozida ao caldo e deixe fervendo por cerca de 20 minutos mexendo sempre. 
Misture o tomate com o azeite, metade da cebola e do cheiro-verde, sal e pimenta e refogue os cubos do lombo defumado. Reserve metade dos cubos da carne à parte. 
Bata a mandioca com o caldo no liquidificador até triturar bem e adicione metade do refogado. Espere levantar fervura, salpique o cheiro-verde restante e sirva com os pedaços da carne do lombo defumado refogado por cima. 

Comentários