Um dia em BH

09/10/2015

Foto: Acervo Setur-MG / Sérgio Mourão



Chegou o final de semana, e quer aproveitar para acordar tarde? Nada disso... Vamos aproveitar nossa cidade!



Para quem quer curtir um dia cheio de natureza, saúde, cultura e principalmente a deliciosa gastronomia mineira, bora levantar cedo ‘uai’! A vida é curta e tem muito ‘trem’ bonito para ver!



Para começar o dia bem saudável, tome um café caseiro e pão de queijo quentinho e vá para uma caminhada leve na famosa Praça do Papa. Meia horinha já é o suficiente para você queimar as calorias do café da manhã e também para apreciar as belas casas, árvores e montanhas ao redor da praça. Cansou? Que nada! Compre uma água de coco e caminhe mais um pouco até o Mirante das Mangabeiras, pois a garantia é de uma vista inesquecível de toda Belo Horizonte.



Depois de toda essa manhã de caminhadas e de colírio para os olhos, a barriga já começou a roncar para o almoço, e a próxima parada é o Mercado Central. Lá você poderá fazer comprinhas de diversas coisas entre especiarias, doces, artesanto, além de aproveitar o almoço tradicional, um delicioso fígado acebolado com jiló...Mas antes de comer peça uma cachaça de Minas para abrir o apetite e aguarde o prato que o ‘trem é bom demais’. E de sobremesa, aproveite para comer os doces de frutas em compotas ou cristalizadas que são vendidos em várias lojinhas do mercado.



De barriga cheia e energia renovada, hora de conhecer e passear por alguns pontos turísticos da capital mineira. Comece pelo complexo arquitetônico da Pampulha, projetado por Oscar Niemeyer, patrimonio cultural da humanidade. No entorno da Lagoa da Pampulha aproveite e conheça o tour cultural, passe pelo Museu da Arte, a Casa do Baile, o Iate tênis Clube que remete a um barco que se lança nas águas da lagoa e finalmente a obra prima do conjunto, a Igreja São Francisco de Assis, mais conhecida como Igrejinha.



Um passeio e tanto não é?



O dia já está quase terminando, o sol já se pôs e a fome está batendo de novo? A dica é procurar algum restaurante que sirva um delicioso frango com quiabo, ou um tropeiro caprichado, acompanhado de uma geladíssima cerveja artesanal. Esse é um dia perfeito em BH, com direito a curtir uma pequena parte do que essa cidade tem a oferecer.



Gostou? E fique tranquilo que aqui é tudo ‘pertin’, uma brincadeira que em partes tem um pouco de verdade.



Não há posts relacionados.