Fundado em 1928, o município recebeu este nome em homenagem à Dona Euzébia de Souza Lima, benemérita da comunidade. A cidade produz mudas cítricas, frutíferas, ornamentais e florestais e é conhecida em todo o país, pois abastece grande parte das cidades brasileiras com mudas. Outro fator que contribuiu para o desenvolvimento foi a passagem da Estrada de Ferro Leopoldina. 

 

    A Cachoeira do Funil, Fruticulturas e Floriculturas Artesanais e a Estância Hidromineral Fonte Hélios são atrativos da cidade. Alem disso a Estação Ferroviária, a Igreja Nossa Senhora das Dores, a Ponte de Ferro e a Fazenda do Funil também podem ser visitados. Dona Euzébia  que é reconhecida como cidade das mudas cítricas e ornamentais que tem uma pequena frase  muito significativa para o município que é Dona Euzébia berço do verde, fonte de vida. A cidade aproximadamente 6483 habitantes, pequena mas muito aconchegante.

 

 Dicas de Viagem: A Cachoeira do Funil, Fruticulturas e Floriculturas Artesanais e a Estância Hidromineral Fonte Hélios são atrativos da cidade. A Estação Ferroviária, a Igreja Nossa Senhora das Dores, a Ponte de Ferro e a Fazenda do Funil também podem ser visitados.

Ver mais