A Capela do Morro dos Quartéis e de Nossa Senhora das Graças são atrativos ricos em informações sobre a história política, incluindo a definição da fronteira entre Minas Gerais e São Paulo. As capelas falam sobre a formação da cidade de Ibiraci que muito se assemelha com a de todo o Brasil. A miscigenação entre índios, europeus e africanos é sensível e comprovada nas Capelas da Furna dos Taveiras e da Pirraça. As capelas responsáveis por contar o lado da formação econômica da região são as de São Tomé, São Domingos e São José. Nelas são encontrados vestígios da saga do garimpo e do desenvolvimento da cafeicultura

Ver mais