Foto: Acervo Setur-MG / Pedro Henrique Silva     

 

O nome do município é originado da palavra indígena mayguaçu, que significa rio grande, numa designação dos índios, os primeiros habitantes, ao rio local. Com o declínio do ciclo do ouro intensificou o processo de ocupação nesta região, a pecuária começou a desdobrar-se para o interior do estado e através do café iniciou o crescimento urbano na segunda metade do séc. XIX. Durante o último século famílias italianas e das comunidades árabes se mudaram para Manhuaçu, ampliando a diversidade iniciada com a vinda suíços, franceses e alemães. A cidade se destaca também através de suas reservas naturais como a do Balneário Sette com queda livre de 20 m e pela apicultura, com papel fundamental para o desenvolvimento do Agro Turismo. A Matriz do Bom Pastor a do Padroeiro São Lourenço são destaques do patrimônio local.

Ver mais