Foto: Roberta Andrade

 

    Em 1750, um padre e um português, saindo da cidade do Serro, se estabeleceram no local onde hoje se encontra o município, atraídos pela terra fértil, pelo outro e pedras preciosas existentes no local. Instalaram-se em um rancho onde mandaram edificar uma capela ao lado. Vários Bandeirantes, tropeiros, desbravadores e garimpeiros foram se identificando com o local e construindo novas casas em volta da capela. 

    O município está situado às margens de um trecho secundário da Estrada Real, onde o fluxo constante de tropeiros que seguiam em direção às cidades auríferas era bastante elevado, sendo esse um dos fatores que facilitaram o povoamento e fixação nessas terras. Atualmente, Senhora do Porto se destaca por fazer para do “Roteiro da Estrada Real”, mais precisamente do Caminho dos Diamantes, estando em um dos trechos secundários deste caminho.

Ver mais