Foto: Sérgio Mourão

Poita, puçá, paçaguá, sabiki – se para você essas palavras fazem algum sentido, então a Rota do Tucunaré é o programa ideal. A cidade de Tupaciguara, na Represa de Furnas, tem uma infraestrutura completa para os amantes da pesca esportiva. Mas não só eles, já que quem conhece a região também acaba se sentindo muito bem com o clima tranquilo e o conforto dos ranchos e hotéis espalhados pelos 110 quilômetros de margem do Grande Lago. É um lugar tão agradável que o viajante nem precisa fisgar um peixe para ficar satisfeito: o pôr do sol inesquecível, a conversa com os amigos e a tradicional comida mineira garantem o sucesso da viagem. Araguari e Uberlândia também são pontos altos do roteiro. A primeira tem mais de cem cachoeiras naturais, grutas, áreas de mata virgem, reservas ecológicas intactas e bons restaurantes na área rural. Já Uberlândia é a maior cidade do Triângulo Mineiro, com vida noturna agitada e vocação para o turismo de negócios.

Por onde você vai passar

Como dividir sua viagem

Dia 1

Uberlândia/ Tupaciguara
City tour panorâmico por Uberlândia. Depois, saída para Tupaciguara.

Dia 2

Tupaciguara
Saída em barco a motor com piloteiro para a prática da pesca esportiva. Depois, almoço especial na ilha.

Dia 3

Tupaciguara/ Araguari/ Uberlândia
Saída para caminhada ecológica. Depois, saída para Araguari. Almoço em um restaurante da área rural. Retorno à Uberlândia.

Atrações para você visitar