Turismo em Minas Gerais | Araponga

  • Alerta de viagem: Covid-19

    Entre em contato com o estabelecimento para mais informações

    Atualizado em 18/11/2020

    Barreiras Sanitárias

    Funcionamento - Quantidade

    Funcionamento - Carga Horaria

Parque Estadual Serra do Brigadeiro

O Parque está localizado na Zona da Mata mineira, ocupando o extremo norte da Serra da Mantiqueira, a cerca de 290 km de Belo Horizonte. A unidade de conservação tem 14.984 hectares compostos por matas, montanhas, vales, chapadas, encostas e inúmeras nascentes que contribuem de maneira significativa para a formação de duas importantes bacias hidrográficas do Estado: a do rio Doce e a do Paraíba do Sul. O Parque abriga vários Picos: o do Soares (1.985 metros de altitude), o Campestre (1.908 m), o do Grama (1.899 m) e o do Boné (1.870 m). A altitude e o relevo amenizam a temperatura local e a neblina cobre os picos durante quase todo o ano, formando uma das mais belas imagens do Parque. A Mata Atlântica, principal formação vegetal da área, está intercalada com os Campos de Altitude e afloramentos rochosos, formando um belo cenário. Considerado um paraíso botânico, o Parque constitui um ecossistema rico em espécies vegetais como bromélia, peroba, ipê, orquídea, cajarana, jequitibá, óleo-vermelho, palmito doce, cactus, dentre outras espécies.

Ver mais

  • Localização

    Rural

    Estrada Araponga - Fervedouro km12, - Zona Rural

    CEP 36.594-000 - Araponga - MG

  • Pontos de Referência

    Para quem vem de Viçosa, seguir até Araponga. Na chegada da Cidade tem uma posto de combustível, entre a esquerda na estrada de terra e siga a sinalização informando Sede do Parque Estadual da Serra do Brigadeiro. Deste ponto de referencia são 12 km ate a sede do Parque. Outro acesso para o Parque, chegando pela Portaria Pedra do Pato, é pelo município de Fervedouro que fica a 32km. A estrada não é pavimentada, mas nos topos de morro chegando no Parque é pavimenta.

  • Horário de Funcionamento

  • Tipo de Visita

    Auto-guiada;Guiada;

  • Entrada

    Franca

  • Atividades Realizadas

    Trekking, observação de vida silvestre, travessia, ciclismo, mountain bike, arvorismo, cavalgada, turismo religioso, turismo de base comunitária, artesanato, voo livre, escalada, avistamento de aves, quadriciclo, rapel, tirolesa, slackline, visitas de escolas, observação astronômica, fotografia/filmagem, banho de rio/cachoeira, tree climbing.

  • Acessibilidade