Turismo em Minas Gerais | Bandeira

Mata do Passarinho

Situada entre os municípios de Bandeira e Jordânia (MG) e Macarani (BA), a Mata do Passarinho tem aproximadamente 650 hectares. Um dos principais motivos da criação da Reserva foi a redescoberta de uma espécie de ave considerada quase extinta pela ciência: o entufado baiano, cujo nome científico é Merulaxis Stresemanni. Com a Reserva Mata do Passarinho, a Biodiversitas promove a conservação de outras 37 espécies de aves ameaçadas de extinção, além do macaco-prego-de-peito-amarelo, primata que também está ameaçado. A Mata do Passarinho foi criada em 2007 em parceria com a American Bird Conservancy (ABC) – instituição norte-americana que apoia projetos de conservação de aves ameaçadas nas Américas. A Reserva está inserida em um dos últimos remanescentes de Mata Atlântica em bom estado de conservação da região do vale do Jequitinhonha, o que proporciona a proteção de parte deste importante bioma. Assim, uma infinidade de espécies de plantas, além de outros animais, está protegida na Reserva Mata do Passarinho.

Ver mais

  • Localização

    Rural

    LMG 630 sentido à Macarani-BA no Km 11 à direita, -

    CEP 39.917-000 - Bandeira - MG

  • Pontos de Referência

    Divisa dos estados de Minas Gerais e Bahia.

  • Horário de Funcionamento

  • Tipo de Visita

    Não guiada;Auto-guiada;Guiada;

  • Entrada

    Franca

  • Atividades Realizadas

    Desde a aquisição das terras para criação da Reserva Mata do Passarinho, sempre existiu uma grande cobrança por parte da comunidade local, especialmente das redes de ensino, para que esta seja aberta à visitação. Adicionalmente, além de ser um laboratório vivo para atividades pedagógicas, a Mata do Passarinho tem chamado a atenção de observadores de aves tanto do Brasil quanto do exterior, que desejam conhecer a exuberância biológica da Mata, devido ao número alarmante de espécies de aves ameaçadas e também raras presentes na Reserva. Com a realização do Projeto Asas da Mata Atlântica, a Mata do Passarinho pôde abrir as portas para receber a visita de grupos escolares e de observadores de aves. Um Centro de Visitantes foi implementado, a fim de ser um espaço para a realização de atividades didáticas e apoio ao visitante. Deste modo, o espaço foi inaugurado em maio de 2015, com a visita à Reserva, de em torno de 400 pessoas das comunidades escolares dos municípios mineiros de Bandeira, Jordânia e Almenara, que puderam estabelecer uma proximidade com a natureza, ouvindo, tocando e observando a fauna e a flora presentes na Mata do Passarinho. Para receber os observadores de aves e pesquisadores, alojamentos foram construídos e equipados, contando inclusive com uma energia limpa, gerada em um sistema de energia fotovoltaica. A interação com a comunidade do entorno de áreas protegidas é fundamental para o sucesso dos esforços de conservação. A sensibilização da comunidade escolar leva à valorização dos recursos naturais pela população local, e consequentemente cria parceiros na conservação. Por outro lado, o Turismo de Observação de Aves, é um segmento do ecoturismo em ascensão no Brasil, e que vai de encontro aos objetivos de conservação, uma vez que as áreas de interesse para a atividade são aquelas que apresentam particularidades em relação à biodiversidade de aves, sendo necessárias áreas bem conservadas.

  • Acessibilidade