Turismo em Minas Gerais | Elói Mendes

Praça Da Matriz

O mais antigo e importante logradouro da cidade com referências do final do século XVIII. Antes da capela construída por Francisca do Espírito Santo (1810), já havia um cruzeiro de madeira na década de 1790, onde eram sepultados alguns mortos. Depois que a primitiva capela do Espírito Santo foi construída no século XIX, o local tornou-se o centro do arraial chamado de “Largo do Arraial”, onde se desenvolviam as contendas, passeios e festas religiosas. Em 1856, a criação da Paróquia, além de uma Igreja de porte médio, ao centro, e do cemitério em volta, o largo era cercado por casas de porte médio e armazéns de secos e molhados. Em 1863, houve a mudança do cemitério para o Largo do Rosário, firmando-se assim o centro da vida local. No século XX o “Largo do Arraial” passou para “Largo da Vila Pontal”. Atrás da Igreja havia um cinema mudo chamado Cine Royal, que tinha o som durante a exibição, músicas tocadas ao piano que ficava ao lado da tela de projeção. No centro da praça em frente à Igreja havia o coreto onde era animado com apresentação pela banda de música dos maestros da época. Com a emancipação da cidade em 1911 e a mudança de nome Pontal para Elói Mendes, o antigo largo passou a chamar-se Praça da Matriz. Em 1915 recebeu postes de ferro e iluminação elétrica, e com a demolição da antiga Matriz em 1928 e a inauguração da atual em 1933, a praça ganhou ares de urbanização. Em 1950 a praça teve seu nome alterado para “Praça Oswaldo Costa” e só em 1977, esse logradouro passou a chamar-se novamente “Praça da Matriz”. O Bem Imóvel “Praça da Matriz”, está tombada pelo Decreto Nº 962, de 06 de março de 2006, e sujeito à proteção especial, de acordo com a Lei Municipal.

Ver mais

  • Localização

    Urbana

    Praça da Matriz, S/N - Centro

    CEP 37.110-000 - Elói Mendes - MG

  • Pontos de Referência

    Ao lado do Club Eloí Mendes

  • Horário de Funcionamento

  • Tipo de Visita

    Não guiada;

  • Entrada

    Franca

  • Atividades Realizadas

    Visitação e apreciação do bem histórico, alem de ser uma área de lazer.

  • Acessibilidade