Turismo em Minas Gerais | Gosto de Minas: Costelinha com Ora-Pro-Nóbis

Gosto de Minas: Costelinha com Ora-Pro-Nóbis

Atualizado em: 25/09/2020

Todo mundo já de barriga cheia de saber que a carne de porco é um dos itens mais consumidos na gastronomia mineira, né? Tropeiro, tutu de feijão, canjiquinha, os petiscos feitos à base de torresmo e os aperitivos que encontramos nos mais diversos bares das cidades mineiras, são alguns dos exemplos perfeitos que ilustram essa relação tão presente e saborosa.

A origem da nossa culinária é marcada por coisas simples, retiradas dos quintais de nossos antepassados e introduzidas em nossas cozinhas com sabores e cores que se misturam, proporcionando uma verdadeira viagem.

A simplicidade nos leva aos dois ingredientes principais da receita de hoje, de um lado a costelinha de porco, uma velha conhecida nossa e do outro, uma plantinha que antes era mato, e hoje é um dos representantes mais mineiros da gastronomia: o ora-pro-nóbis.

A plantinha que ganhou esse nome, que em latim quer dizer “rogai por nós” por ser muito cultivada nos muros das igrejas, é rica em vitamina A e já ganhou até festival para celebrar as diversas receitas em que está presente, confere um sabor todo especial e cheio de mineiridade.

E aí, vamos para a cozinha? A receita do dia é uma deliciosa costelinha com ora-pro-nóbis, que vem direto da cozinha da Dona Lucinha. Não esquece de compartilhar com a família e com a gente nas redes sociais, hein?

Costelinha com Ora-Pro-Nóbis

 

Ingredientes

1 kg de costelinha de porco picada;

2 1/2 litros de água;

Colher das de mesa de gordura;

1 colher das de mesa de sal com alho;

1 cebola média, ralada;

1 colher das de sobremesa de urucum;

1 folha de louro;

1/2 cálice de cachaça;

1/2 cálice de limão;

Ora-pro-Nóbis picado a gosto;

Cheiro-Verde a gosto;

Pimenta a gosto.

Modo de preparo

Lavar as costelinhas, colocar em uma panela, cobrir com água, juntar a cachaça e o limão; levar ao fogo para uma leve fervura. Escorrer e reservar.

Levar ao fogo em uma panela, aquecer a gordura e juntar as costelinhas para fritar levemente. Retirar o excesso de gordura que se formar, acrescentar o sal com alho, a cebola e por último o urucum. Deixar pegar cor, pingar água, juntar a folha de louro e tampar. Deixar cozinhar e ir pingando mais água, até a carne amaciar bem e formar um caldo suculento. Acertar o tempero e retirar do fogo.

Lavar e escorrer o ora-pro-nóbis, picar e cobrir as costelinhas. Não mexer. Servir com angu e arroz com alho.

 

                                                                                                        

Instagram        /        Facebook

 

Comentários