Turismo em Minas Gerais | Gosto de Minas: Tutu de Feijão

Gosto de Minas: Tutu de Feijão

Foto por: Foto: Mariana Gontijo
Atualizado em: 25/09/2020

Que o feijão é muito utilizado na culinária mineira, ninguém tem dúvidas! De sabor inigualável, rico em nutrientes e versátil como é em seus vários tipos – de corda, branco, preto, roxinho e tantos outros - é feito de diversas formas: um delicioso tropeiro, ou aquele caldinho gostoso para aquecer nos dias frios, ou quem sabe um bolinho? Uma saborosa feijoada ou mesmo o tradicional de todos os dias, acompanhado daquele arrozinho branco! Huuuummm! Só de falar a gente até saliva, né? Aposto que já está imaginando um feijãozinho no prato! Ou mesmo lembrando daquela comida de domingo na casa de vó! E falando em casa de vó, quem nunca comeu um bom Tutu na casa dela?

A receita desta semana é bem mineirinha!!! O TUTU de feijão! Que nada mais é, que uma junção do feijão com a farinha, mas com uma preparação e história diferentes do tropeiro!

A palavra tutu vem do quimbundo quitutu, da língua africana “banta” mais falada em Angola, e quer dizer “papão”. Segundo historiadores, o prato nasceu no século XVI, com a chegada de portugueses atraídos pelo ciclo do ouro e das riquezas nas Minas. As cozinheiras tinham que usar pouco sal (devido ao preço) e criar então, comidas saborosas à base de grãos como feijão e milho. Daí começou a se utilizar a farinha de mandioca para engrossar o feijão sem aumentar o custo da produção. Hoje, muito presente nas festas de reinado de Minas, o tutu resgata um pouco da tradição e cultura de nossas terras, sendo síntese de nossa origem gastronômica, com tanta simplicidade!

Trouxemos para vocês um prato recheado de amor e muito afeto, feito por nossa chef Mariana, que vai nos ensinar um tutu mineirinho de respeito! Anota aí e compartilha com a família esse prato riquíssimo e mais mineiro impossível! Depois marca a gente nas redes sociais para vermos como você se saiu em mais essa receita!

TUTU TONTO DO REINADO

Ingredientes

500g de feijão carioquinha;

200g de banha de porco caipira;

80g de farinha de mandioca torrada (aproximadamente);

500ml de caldo de carne (aproximadamente);

1 cebola amarela média repicada;

1 cebola amarela média partida em 4;

3 dentes de alho repicados;

2 dentes de alho inteiros;

2 folhas de louro;

Pimenta do reino a gosto;

Sal a gosto.

TÉCNICA DE PREPARO

Cozinhar bem o feijão no dobro de água e com as folhas de louro.

Com o feijão ainda morno, retirar as folhas de louro e bater bem no liquidificador juntamente com a cebola partida em 4 e os 2 dentes de alho, até ficar bem homogêneo. Usar a água da cocção e se necessário, acrescentar água quente para ajudar a bater.

Em um tacho ou caçarola, refogar o alho e a cebola repicados na banha, acrescentar a pimenta do reino e quando a cebola já estiver dourada, acrescentar o feijão batido e incorporar ao refogado, mexendo sempre e em fogo baixo.

Acrescentar aos poucos, o caldo de carne e quando começar a borbulhar, acrescentar a farinha de mandioca em chuva, aos poucos, sempre mexendo o tutu.

Acertar o sal e a quantidade de caldo e de farinha e deixar cozinhar bastante.

Comentários