Turismo em Minas Gerais | Um dia nos parques de BH

Um dia nos parques de BH

Foto por: Acervo MTur - Pedro Vilela
Atualizado em: 23/04/2021

Um dia nos parques de BH

 

Com parques naturais espalhados por toda a cidade, quem está em BH em busca de atividades ao ar livre tem muitas opções de contato com a natureza.

 

Vento no rosto, cheiro de terra, canto dos pássaros, som das árvores balançando, pouca gente por perto.

Acha que precisa fugir da cidade para ter essa experiência? Aqui em Minas, não. Mesmo estando na capital do estado, você pode vivenciar o contato com a natureza de forma intensa e em segurança.

Só em Belo Horizonte há 28 parques naturais abertos à visitação, de um total de mais de 70 parques abrigados na cidade. Ficou surpreso, não foi?

Os estudos científicos provam que o contato com a natureza produz benefícios para nosso corpo e mente: ajuda a prevenir e reduzir o estresse, o esgotamento mental e a depressão; amplia o estado de humor, concentração e performance; além de reduzir o nível de pressão sanguínea, frequência cardíaca, e de tensão muscular.

Uma opção mais segura de lazer

 

Foto: Vista aérea do Parque Municipal Américo Renné Giannetti, também conhecido apenas como Parque Municipal.  

 

Gostou da ideia, mas está inseguro com o momento que estamos vivendo?

Saiba que os parques seguem um protocolo para não comprometer as medidas sanitárias previstas no combate a pandemia, adotando:

 Limite diário de visitantes;

 Aferição da temperatura;

 Limpeza reforçada;

 Isolamento de áreas com maior risco de contaminação, como parquinhos, quadras esportivas e equipamentos de ginástica.

Com todas essas medidas, a visita aos parques naturais de Belo Horizonte se torna uma boa pedida para quem está em busca de um revigorante e seguro programa para o fim de semana na cidade.

 

Como faço para agendar uma visita

Funcionando de quinta a domingo, em 10 parques atualmente é preciso agendar previamente a visita, medida importante para evitar aglomeração.

Esse agendamento é feito de forma online e é muito simples, além de gratuito.

A  relação dos parques abertos e o link para agendamento estão disponíveis clicando aqui.  

 

 

Dicas importantes sobre o agendamento

Os ingressos são liberados apenas 2 dias antes da data da visita, por volta de 8h da manhã. Então, se a visita for no sábado, pode agendar a partir de quinta. Se for no domingo, o agendamento estará disponível na sexta, e por aí vai. Fique atento, já que de segunda a quarta os parques permanecem fechados, logo, o agendamento fica disponível de terça a domingo.

Podem ser retirados até 5 ingressos por pessoa.

 

Uso de estruturas de lazer

É preciso agendar o uso das pistas de skate do Parque Lagoa do Nado e do Parque das Mangabeiras. Nesse caso, não precisa agendar a visita ao parque, mas apenas o uso da pista.

 

Dicas gerais para visita aos parques

 

Foto: Parque Lagoa do Nado

 

 Recolha e descarte corretamente seu lixo. Além de poluir, pode ser um ponto de contaminação.

 Programa-se para retirar o ingresso, pois, em alguns parques, os ingressos esgotam rapidamente.

 Leve sua garrafa ou copo, pois não é permitido consumir a água diretamente dos bebedouros, mas utilizá-los para encher seus recipientes. Hidrate-se com frequência.

 Leve lanche, pois, mesmo nos parques onde há lanchonetes, elas ainda não estão funcionando.

 Nem todos os parques permitem a entrada de pets, então, verifique antes essa informação no site da administração do espaço. Nos dois que eu visitei, é proibida.

 Para desfrutar com mais conforto, evite os horários de sol forte, use roupas e calçados confortáveis e adequados para caminhada e protetor solar.

 Utilize máscara durante toda a visita e faça a higienização frequente das mãos.

 Mantenha o distanciamento de 2 metros dos demais visitantes e não faça aglomerações.

 Para visitar os parques Mangabeiras, Serra do Curral e Aggeo Pio Sobrinho, é necessário ser vacinado contra a febre-amarela. No momento do agendamento, você preenche uma declaração dizendo ser imunizado e não precisa apresentar o cartão de vacinas na hora da visita. Nesses parques, bebês com menos de nove meses não podem entrar, pois não receberam essa vacina ainda. 

 

Foto: O uso da máscara é obrigatório durante a visita aos parques

 

Com tanta opção deliciosa e segura de parques à sua disposição dentro da cidade, com  acesso fácil, e sabendo do bem que esse passeio gera para sua saúde, agora é só você se inspirar e programar o seu dia no parque.

 

Um pouquinho do que é um dia no parque em Belo Horizonte

Eu escolhi visitar 2 parques para aproveitar o sábado: o Parque da Serra do Curral e o Lagoa do Nado. Em cada um desses parques, vivi uma experiência.

Na Serra do Curral, com mais área natural preservada, a inserção na natureza é mais intensa. Já no Lagoa do Nado, onde tem mais estruturas como quadras, Centro Cultural, Teatro de Arena (espaços ainda fechados), há uma interseção entre meio ambiente e infraestrutura urbana, que facilita a visitação.

 No Parque Serra do Curral

O que tem para conhecer: Contato com a natureza e belíssimos mirantes de Belo Horizonte. Ideal para praticar atividades físicas ao ar livre.

 

Foto: Serra do Curral

 

Comecei pelo Parque da Serra do Curral, que protege parte da linda serra que a gente avista de vários pontos de Belo Horizonte.

O parque é todo sinalizado. O caminho até o topo da serra é bem marcado, amplo e até calçado em um ponto mais íngreme. Durante a subida, o barulho da cidade vai ficando cada vez mais longe e os sons da natureza mais nítidos.

Com cerca de 20 minutos de trilha alcancei o mirante no ponto mais alto, que tem uma vista incrível tanto da paisagem urbana da região metropolitana, quanto da outra vertente da serra, com suas montanhas e vegetação.

Eu fiquei viajando no visual ali de cima que é de quase 360º graus. Com a ajuda da sinalização, identifiquei o Mineirão, os municípios vizinhos, a Cidade Administrativa do Estado,o Pico do Itabirito, em Itabirito, e outros pontos de destaque.

Foto: Vista da cidade a partir do topo da Serra do Curral

 

Foto: Vista das montanhas a partir do topo da Serra do Curral

 

Na descida retornando para a portaria, passei em um outro mirante, próximo a uma guarita de segurança, onde a sinalização mostra algumas das espécies da flora do parque. Muito bonito!

Há banheiros e bebedouros tanto na portaria do parque, quanto próximo ao mirante no topo da serra.

Dicas importantíssimas:

Para visitar o Parque da Serra do Curral, confira a previsão do tempo antes, porque ele pode ser fechado em caso de chuva e de incêndio. Essa dica é pra você não perder o visual lindo lá de cima da cidade.

E ainda, utilize roupas e calçados confortáveis e esteja com disposição porque a subida pode cansar quem não está habituado a exercícios físicos.

Não há linha de ônibus que leve até a portaria, por isso, sugiro ir de carro. Com trânsito bom, são quinze minutos da Praça Sete, no centro da cidade, até a portaria e é fácil estacionar no seu entorno.

 Onde fica o Parque da Serra do Curral:

Praça Estado de Israel - Av. José do Patrocínio Pontes, 1.951 – Mangabeiras – Belo Horizonte

Entrada franca

Informações: (31) 3246-3034

agendaparques@pbh.gov.br

 

 No Parque Lagoa do Nado

O que tem para conhecer: Ótima opção para quem quer ter contato com a natureza, e praticar atividades físicas e a contemplação. Abriga animais silvestres e 22 mil m² de um espelho d’água, além de um pista que é referência em Minas para a prática de skate, cliclismo BMX e patins.

 

Foto: Entrada do Parque Lagoa do Nado

 

Já na parte da tarde, visitei o Parque Lagoa do Nado, que fica do outro lado da cidade, na Pampulha.

Quando entrei no parque, senti como se estivesse saindo da cidade. O caminho na entrada é lindo, cercado e coberto de árvores.

O parque tem uma área de mata bem grande. O cantinho encantador é o lago lindo cercado de árvores. No entorno há alguns bancos de madeira. Em um deles me acomodei para ler um livro enquanto ouvia o barulhinho de água. Que relaxante!

Dá também para caminhar contornando o lago por uma trilha bem demarcada e fácil.

Foto: Lagoa do Nado

 

Esse parque ainda tem uma pista que pode ser usada para skate, ciclismo BMX e patins. A pista desse parque é referência em Minas, utilizada até por atletas. Também possui banheiros e bebedouros.

Foto: Pista para skate, patins e BMX.

 

Dicas importantíssimas:

O acesso é fácil, porque ele fica bem próximo à av. Pedro I, via de ligação importante na cidade, e a uma estação do MOVE, sistema de ônibus da capital. Também é fácil estacionar próximo à Portaria.

  Onde fica o Parque Lagoa do Nado:

     Rua Ministro Hermenegildo de Barros, 904 – Itapoã - Belo Horizonte

     Entrada franca

     Informações: (31) 3246-3034

     agendaparques@pbh.gov.br

Fique atento a abertura semanal da agenda de visitas aos parques, garanta seus ingressos e se surpreenda com a vida ao ar livre dentro de Belo Horizonte.

 

Quer saber como compartilhar as suas experiências por Minas? Clique aqui e saiba como deixar o seu relato  no Daqui de Minas.

 

Sobre o Autor

Gisele Mafra

Turismóloga amante de viagens, trilhas, natureza e autodesenvolvimento. Gerente de Uso Público e Eventos da Fundação de Parques e Zoobotânica de Belo Horizonte.

Comentários