Foto: Felipe Faria

Típica cidade mineira de interior reúne tradição e fé religiosa, história, estilo de vida pacato e belezas cênicas surpreendentes e capazes de "encher os olhos". Com a construção da Estrada de Ferro Oeste de Minas,  surgia a Estação Ferroviária de Arantes, no pequeno povoado de Várzea do Paiol. O nome teve origem na existência de um paiol utilizado para guardar o milho colhido pelo fazendeiro Juca Pereira, dono de grande parte das terras do município. Com destaque na produção de cerâmica devido ao crescimento econômico da época, em 1943, o povoado de Várzea do Paiol é elevado a distrito pertencente ao município de Bom Jardim de Minas, e recebe o nome de Arantes, uma homenagem á Estação Ferroviária de Arantes. Assim o distrito permaneceu até o ano de 1963 quando, pela Lei Estadual nº 2.764, de 30 de Dezembro de 1962, emancipa-se e tem sua sede instalada oficialmente como município em 1º de março de 1963. 

O município de Arantina se estende em uma área de 89,4 km². E fica localizado às margens do Rio Turvo Pequeno na Bacia do Alto Rio Grande, na Região Sul do Estado de Minas Gerais, e na Serra da Mantiqueira. Possuí uma grande beleza natural, cultural e histórica. Localizado em uma região de Campos de Altitude ao redor de belas montanhas e tem condições muito significativas para que o turismo seja importante instrumento de desenvolvimento econômico e social.

Ver mais