• Alerta de viagem: Covid-19

    Atualizado em: 05/05/2021

    Barreiras Sanitárias

    Sem barreiras

    Funcionamento dos estabelecimentos

    Quantidade

    Hospedagem

    Maioria ou todos funcionando parcialmente (isto é, se está funcionando com capacidade reduzida, dias/horários reduzidos)

    Alimentacão

    Maioria ou todos funcionando parcialmente (isto é, se está funcionando com capacidade reduzida, dias/horários reduzidos)

    Parques

    Atrativos Naturais

    Maioria ou todos funcionam normalmente

    Atrativos Culturais

    Maioria ou todos funcionando parcialmente (isto é, se está funcionando com capacidade reduzida, dias/horários reduzidos)

    Carga Horária

    Hospedagem

    Funcionando com restrições de horário e de dias da semana

    Alimentacão

    Funcionando com restrições de horário, mas não de dias da semana

    Parques

    Atrativos Naturais

    Funcionando normalmente, como antes da pandemia

    Atrativos Culturais

    Funcionando com restrições de horário e de dias da semana

Foto: Acervo Setur-MG / Giovane Neiva

 

    Importante rota de um dos antigos caminhos coloniais, o local passou a ser chamado de Catas Altas devido ao processo primitivo para extrair o ouro, que era explorado no sistema de catas, onde grandes escavações eram feitas nas areias dos rios até encontrar a pedra do fundo do leito. A origem do nome Noruega é antiga e frutuosa, sendo que a versão mais aceita é de que foi dado pelos primeiros desbravadores ao encontrar aqueles morros frios e úmidos que “escondiam a face do sol”. Após a decadência da mineração, os garimpeiros foram incentivados pelo Conde Bobadella a reativar as minas. Foi então que os garimpos Catas Altas e Noruega foram reativados e unidos, dando origem ao nome atual de Catas Altas da Noruega.

   O destino oferece diversos atrativos naturais. Os Altos da Lagarta, do Barreiro, do Cruzeiro, Cachoeiras da Água Limpa e do Jequitibá, Morro Redondo, os Rios Piranga e Pirapetinga são alguns desses atrativos. O patrimônio histórico e cultural do município é composto do Museu  e Arquivo Histórico Memorial Padre Luiz Gonzaga Pinheiro, dos Passos da Paixão e das Igrejas Matriz de São Gonçalo do Amarante, Nossa Senhora do Rosário e Nossa Senhora dos Remédios.

 

Dicas de Viagem: Caminhada de “Santo Inácio com Costela” – inspirada no Caminho de Santiago de Compostela, a caminhada de “Santo Inácio Com Costela” começa na Igreja Matriz de São Gonçalo do Amarante e segue em direção à comunidade rural de Santo Inácio. Cercado pela natureza e por montanhas, o percurso possui 10 quilômetros e passa pela Fazenda Matias, Capela de São Sebastião e a fábrica artesanal de açúcar mascavo. No final, o turista é recebido com uma deliciosa comida típica, a canjiquinha com costela. Artesanato em pedra sabão – Os artesãos de Catas Altas da Noruega produzem em pedra sabão diferentes tipos de peças, como fontes, panelas, castiçais, esculturas, vasos e muitos outros itens.

Ver mais