• Alerta de viagem: Covid-19

    Atualizado em: 18/10/2020

    Barreiras Sanitárias

    Sem barreiras

    Funcionamento dos estabelecimentos

    Quantidade

    Hospedagem

    Maioria ou todos funcionam normalmente

    Alimentacão

    Maioria ou todos funcionando parcialmente (isto é, se está funcionando com capacidade reduzida, dias/horários reduzidos)

    Parques

    Maioria ou todos funcionando parcialmente (isto é, se está funcionando com capacidade reduzida, dias/horários reduzidos)

    Atrativos Naturais

    Maioria ou todos funcionando parcialmente (isto é, se está funcionando com capacidade reduzida, dias/horários reduzidos)

    Atrativos Culturais

    Maioria ou todos funcionando parcialmente (isto é, se está funcionando com capacidade reduzida, dias/horários reduzidos)

    Carga Horária

    Hospedagem

    Funcionando com restrições de horário, mas não de dias da semana

    Alimentacão

    Funcionando com restrições de horário, mas não de dias da semana

    Parques

    Funcionando com restrições de horário e de dias da semana

    Atrativos Naturais

    Funcionando com restrições de horário e de dias da semana

    Atrativos Culturais

    Funcionando com restrições de horário, mas não de dias da semana

Foto: Vanessa Alves

 

    Situada no norte de Minas, há 600 km de Belo Horizonte, Januária extrai da natureza e oferece aos visitantes, suas maiores riquezas e belezas. O município tem na Bacia do Rio Pandeiros, o único  Pântano  do Estado de Minas, berçário de peixes do Velho Chico. Em meados de julho o ponto alto é a praia do Rio São Francisco, chamada pelos visitantes de “a praia de Minas”. Atualmente, Januária é um dos municípios que busca, por meio da UNESCO, o reconhecimento do Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, como patrimônio da humanidade. Para completar essa obra de arte, Januária tem como moldura dessa pintura, as suas manifestações culturais, a produção de uma das melhores cachaças do país e sua rica culinária.

Ver mais