• Alerta de viagem: Covid-19

    Atualizado em: 27/10/2020

    Barreiras Sanitárias

    Sem barreiras

    Funcionamento dos estabelecimentos

    Quantidade

    Hospedagem

    Maioria ou todos funcionam normalmente

    Alimentacão

    Maioria ou todos funcionam normalmente

    Parques

    Maioria ou todos funcionam normalmente

    Atrativos Naturais

    Maioria ou todos funcionam normalmente

    Atrativos Culturais

    Maioria ou todos funcionam normalmente

    Carga Horária

    Hospedagem

    Funcionando normalmente, como antes da pandemia

    Alimentacão

    Funcionando normalmente, como antes da pandemia

    Parques

    Funcionando normalmente, como antes da pandemia

    Atrativos Naturais

    Funcionando normalmente, como antes da pandemia

    Atrativos Culturais

    Funcionando normalmente, como antes da pandemia

Foto: Acervo Circuito Guimarães Rosa

 

Presidente Juscelino teve com berço natal um vale de pequena extensão, situado entre o Morro do Coroado e o Rio Paraúna.O panorama agradável e a riqueza mineral chamaram a atenção de mineradores que ali se instalaram para a pesquisa e exploração do cristal. Em virtude do grande movimento de tropeiros entre Dimantina, Santo Antônio da Estrada (hoje Curvelo ao qual pertencia) e Belo Horizonte, que à beira do Rio Paraúna descarregavam suas tropas para descanso foi-se formando o “Arraial dos Ranchos”. Segundo os moradores mais antigos o arraial dos ranchos de capim constituía à beleza daquelas paisagens.

Em 1866, o Arraial dos Ranchos transformou-se em distrito, recebendo o nome de São Sebastião do Para~uma, em homenagem a São Sebastião, o padroeiro e Paraúna devido ao Rio. Este nome foi simplificado para Paraúna em 1923. O município com todo o seu contexto histórico cultural, possui ainda expressivo potencial com grutas e cavernas com inscrições rupestres, o próprio Rio Paraúna, além do Forró de Presidente Juscelino.

Ver mais