Turismo em Minas Gerais | Parque Estadual de Ibitipoca/MG – Janela do Céu

Pegada Ecoturismo

marechal falconiere, 383 - europa
(31) 99591-5926 (31) 99591-5926

Descrição

Ibitipoca é sinônimo de cachoeiras, céu estrelado, friozinho de serra, boas energias e vontade de voltar sempre. A vila de Conceição do Ibitipoca, ou apenas Ibitipoca, caiu no gosto dos praticantes de ecoturismo. Muita gente procura a região para conhecer as trilhas de Ibitipoca, especialmente a famosa Janela do Céu, dentro do organizado Parque Estadual do Ibitipoca.

Porta de entrada para uma das mais belas reservas naturais do país, o rústico povoado de Conceição de Ibitipoca, fica na Zona da Mata do Estado de Minas Gerais, Região Sudeste do Brasil, 3 km antes da portaria do Parque Estadual do Ibitipoca, reserva repleta de belas cachoeiras, grutas, picos com visuais de montanhas, flora exuberante, animais silvestres e trilhas inesquecíveis.

Ruas de pedrinhas, casinhas coloridas e o carinho dos mineiros é o cenário que espera os visitantes que procuram os bares, cafés, bistrôs e restaurantes no charmoso vilarejo de Conceição de Ibitipoca. Nos finais de semana e feriados é comum uma música ao vivo para acompanhar as delícias da gastronomia ímpares desse cantinho de Minas. É na Vila que todos se encontram, jogam prosas fora ao lado da lareira, papeiam na Praça da Matriz e se confraternizam após um dia de caminhada.

Saída: Diária

2 a 15 pessoas

Serviços disponibilizados

Duração: 2 dias

  • Dia 1

    1° Dia - Circuito da Janela do céu Às 5h30 chegada na pousada para check in Às 7h00 café da manhã na pousada Às 7h40 saída com destino ao Parque de Ibitipoca Taxa entrada R$25,00 já incluso no pacote da viagem. Às 8h00 – Circuito da Janela do céu Circuito da Janela do Céu (o grande desafio do Parque), vale muito a pena todo esforço. Destaque: Paisagens, Grutas, Cachoeiras e Piscinas Naturais – Cachoeirinha e Janela do Céu principalmente. Distância: 16 km total ida e volta. O caminho apresenta algumas subidas e descidas isoladas no meio e nos trechos finais. O sol agride o tempo inteiro, então leve bastante água (2 litros), protetor solar, óculos escuros, roupas leves e boné/chapéu. O início da trilha é bem íngreme e começa a aliviar a partir do Pico do Cruzeiro, que é o primeiro ponto de parada, há 1,6 km do início da subida. Após o Cruzeiro, a trilha se alterna entre subidas e descidas. No retorno a trilha encontra um trecho mais íngreme de subida. A trilha também reserva muitas grutas ao longo de todo percurso. Vamos passar pelas Gruta da Cruz, Gruta dos Três Arcos, Gruta dos Fugitivos e Gruta dos Moreiras, todas elas antes da janela do céu. Também visitaremos a Cachoeirinha – linda demais! Parece até um cenário de filme. Para chegar à cachoeirinha é preciso descer um pequeno barranco, como é íngreme deve-se ter cuidado, indo com calma não há problema. E assim, como a Janela do céu, vale muito a pena o esforço. Nível Dificuldade: Fácil para experientes/ Moderado a difícil para iniciantes. Às 17h00 Retorno para a pousada e noite livre. Noite livre para passeios pelo vilarejo, com várias opções de restaurantes, pizzarias, bares…
  • Dia 2

    2° Dia - Circuito das águas Ás 7h00 café da manhã na pousada Às 7h40 saída destino ao Parque Taxa entrada R$25,00 já incluso no pacote da viagem. Às 8h00 – Circuito das águas Circuito das Águas Destaque: Lago dos Espelhos, Ducha, Lago Negro, Prainha, Lago dos Miragens, Gruta dos Gnomos, Prainha das Elfas, Ponte de Pedra, Mirante do Gavião. Nível: Fácil, o caminho apresenta algumas subidas leves no trecho final. O Circuito das Águas é o passeio mais leve do parque. São 6 km total de trilhas bem tranquilas com lindas paisagens. Às 14h00 retorno para a pousada, para almoço na vila (Não incluso no pacote) e retorno para Belo Horizonte.

Por onde você vai passar