Turismo em Minas Gerais | Confira 27 mirantes imperdíveis em Minas

Confira 27 mirantes imperdíveis em Minas

Foto por: São Thomé das Letras - Acervo Secult MG - John Brandão
Atualizado em: 05/05/2021

27 mirantes imperdíveis em Minas

 

Selecionamos 27 dicas de mirantes com paisagens incríveis em Minas pra você conferir de perto.

 

Não é difícil encontrar uma paisagem diferenciada em Minas que você precise conhecer. Vendo no feed do @visiteminasgerais, então, a gente fica passando vontade de dar um check em tudo, pode admitir. 

Tem mirantes naturais, como em picos e topos de morros e cachoeiras, tem mirantes construídos estrategicamente, dando a dica de “vem aqui ver isso”. Seja na natureza ou na cidade, a visão normalmente é de tirar o fôlego.

Espia aí essas dicas de mirantes em paisagens naturais e urbanas por Minas Gerais, se você estiver de passagem por qualquer uma dessas cidades, não perca a oportunidade de dar uma espiada.

É bonito demais da conta!

 

Mirantes para contemplar a natureza

 

Mirante dos cânions de Furnas

O mirante dos cânions de Furnas é, certamente, um dos pontos turísticos mais visitados por quem vai conhecer a região. A paisagem é inesquecível.

Onde visitar: Rodovia MG-050, Km 313, Capitólio.

 

Pico da Bandeira

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Visite Minas Gerais (@visiteminasgerais)

 

“Tá” aí um mirante natural de respeito. O Pico da Bandeira é o terceiro maior pico do Brasil, e o pico mais alto de Minas Gerais, com 2.892 metros de altitude. Essa visão privilegiada é pra quem está em dia com os exercícios físicos, da portaria do parque são 14 km ida e volta.

Muitos vão até o pico para assistir o espetacular nascer do sol acima das nuvens.

Onde visitar: Comunidade do Paraíso,  Parque Nacional do Caparaó, Alto Caparaó.

 

Mirante da Cachoeira do Tabuleiro

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Visite Minas Gerais (@visiteminasgerais)

 

Bem em frente à maior cachoeira de Minas Gerais existe um excelente ponto para admirar os 273 metros de queda da maior cachoeira mineira, a Cachoeira do Tabuleiro. Lindíssima. E, claro, também é possível conhecer a parte alta da cachoeira, aí vai do seu preparo físico.

Onde visitar: Tabuleiro, s/n, Zona Rural, no Parque Natural Municipal do Tabuleiro, dentro do Parque Estadual da Serra do Intendente, Conceição do Mato Dentro.

 

Serra da Piedade

A Serra da Piedade é um lugar especial, de espiritualidade e contemplação. A 1.746 metro de altitude, a beleza cênica da região se complementa com a singela Basílica Ermida da Padroeira de Minas Gerais – Nossa Senhora da Piedade, considerada a menor basílica do mundo.

Onde visitar: Alto da Serra da Piedade s/n Zona Rural, Caeté.

 

Mirante do Parque Estadual do Rio Doce

Após a subida de uma longa escadaria está a recompensa: a belíssima paisagem de uma das mais de 40 lagoas que formam o terceiro maior complexo de lagoas do Brasil, no Parque Estadual do Rio Doce.

Onde visitar: Rodovia LMG-760,Km 20, da comunidade rural de Santa Rita, Marliéria.

 

Mirante do Bem

O Mirante do Bem foi construído no Parque Nacional da Serra do Cipó pra linda paisagem do Circuito das Lagoas não passar despercebida.  Difícil mesmo não querer ver essa paisagem lá de cima. A trilha até o mirante é curtinha, saindo da portaria, cerca de 300 metros.

Onde visitar: Parque Nacional da Serra do Cipó, Rodovia MG 10, Km 97, Jaboticatubas.

 

Topo do Mundo

No topo da Serra da Moeda está um cartão postal da região de Brumadinho. O local conhecido como Topo do Mundo fica a 1.500 metros e é ideal para assistir um belíssimo por do sol.  

Onde visitar: Estrada da Serra, s/n, Serra da Moeda, distrito de Piedade do Paraopeba, Brumadinho.

 

Pico da Lapinha

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Visite Minas Gerais (@visiteminasgerais)

 

Lapinha da Serra é perfeita e todo mundo pode provar. A vista do Pico da Lapinha proporciona ver a perfeição da natureza que rodeia o povoado. Todo o esforço de subir a trilha é recompensador.

Onde visitar: distrito de Lapinha da Serra, Santana do Riacho.

 

Morro Redondo

 

O Morro Redondo é um daqueles achados. Você sobe uma pequena trilha, sem esperar muito, e lá do alto se depara com uma paisagem que surpreende e te enche de paz.  É também super recomendado para assistir o nascer ou por do sol.

Onde visitar: distrito de Ipoema, Itabira.

 

Casa da Pirâmide

A Casa da Pirâmide é um ícone da cidade de São Thomé das Letras, um dos lugares mais queridos entre os turistas que buscam o misticismo da cidade. A vista do vale nesse ponto é muito indicada. Experimente ir pra ver o por do sol.

Onde visitar: Parque Municipal Antônio Rosa – Bairro Alto do Cruzeiro, São Thomé das Letras.

 

 Parte Alta da Cachoeira Casca D’Anta

A Cachoeira Casca D’Anta é a segunda maior cachoeira mineira. Localizada na exuberante região do Parque Nacional da Serra da Canastra, permite conhecer primeira queda d’água do Velho Chico lá do alto.

Onde visitar: Parque Nacional da Serra da Canastra, São Roque de Minas.

 

Mirante de Santo Hilário

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Visite Minas Gerais (@visiteminasgerais)

 

Santo Hilário é um distrito de Pimenta, cidade banhada pelo mar de Minas, o Lago de Furnas. As ruínas de um antigo hotel abandonado funcionam como um excelente mirante da região. Desse ponto é possível fazer fotos incríveis como Lago de Furnas como protagonista. 

Onde visitar: MG 170, distrito de Santo Hilário, Pimenta.

 

Chapada do Abanador

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Visite Minas Gerais (@visiteminasgerais)

 

Com esse nome poucas pessoas saberão do que estamos falando. Mas se disser Muralha de Carrancas ou, ainda, o “Monte Roraima” da novela Império, aí sim você reconhecerá o atrativo. Sim, o a muralha de Carrancas fez o papel do Monte Roraima. Muito global, ela.

Ah, pra chegar até lá é importante estar preparado para uma trilha de cerca de 23 km, ida e volta, sob o sol.

Onde visitar: Zona rural de Carrancas, trilha de 23 km, ida e volta, partindo da Cachoeira da Zilda.

 

Mirante do Morro Caxambu

Mirante do Morro Caxambu é possível ver a beleza da Serra da Mantiqueira e também da cidade de Caxambu. O interessante é que você pode optar por subir pelo teleférico.

Onde: Estrada do Morro do Caxambu, s/nº, Caxambu.

 

Mirante Serra do Gandarela

Bem na Serra do Gandarela, um dos pontos mais altos da região metropolitana de Belo Horizonte, está o Mirante Serra do Gandarela, a 1.665 metros de altitude.  É o ponto mais alto da cidade de Rio Acima.

Onde visitar: Povoado de Água Limpa, Rio Acima.

 

Mirante Eu Amo Canastra

Nova atração da região da Serra da Canastra, vale a pena dar um pulo para garantir uma linda foto com o paredão que dá nome à região ao fundo.

Onde visitar: Estrada São José do Barreiro, à 4 km - Cachoeira Casca Danta - Serra da Canastra Zona rural,  São Roque de Minas.

 

 Pedra do Mirante

Da Pedra do Mirante é possível ver a imensidão da represa de Três Marias, quase um mar, criado a partir do represamento das águas do rio São Francisco.

Onde visitar: Mirante do Velho Chico, Nova Três Marias,Três Marias.

 

Mirante Morro dos Veados

O Mirante Morro dos Veados fica no Parque Estadual Serra do Rola Moça. É um visual incrível.

Onde visitar: Estrada p/ Casa Branca, s/n, Brumadinho.

 

Mirante da BR 040

Essa dica é pra quem está perto de Juiz de Fora. O Mirante da BR-040, a 10 km da cidade, é um dos pontos turísticos da região.  Vale a parada para apreciar a beleza da região.

Onde: Km 794 da BR 040, Juiz de Fora.

 

Mirantes em paisagens urbanas

Pico da Ibituruna

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Visite Minas Gerais (@visiteminasgerais)

 

Do alto do Pico da Ibituruna é possível ver o Rio Doce cortando a cidade de Governador Valadares. No local é muito procurado por praticantes de esportes de aventura, como saltos de paraglider e asa delta, além de escalada e trekking.

Onde visitar: Estrada Vicinal para o Pico, Vila Isa, Governador Valadares.

 

Mirante do Mangabeiras

Próximo à Serra do Curral está o Mirante do Mangabeiras. Uma boa pedida pra quem quer ver a grandiosidade da capital mineira.  Tem até lunetas para apreciar a área urbana. De lá dá pra ver pontos bem distantes da cidade, como o Mineirão.

Onde visitar: Rua Pedro José Pardo, 1000, Mangabeiras, Belo Horizonte.

 

Mirantes do Parque Serra do Curral

O Parque Serra do Curral possui 10 mirantes, com a diferença que pra chegar a eles você tem um agradável contato com a natureza, sem sair da capital mineira.

Onde visitar: Avenida José do Patrocínio Pontes , 1951, Mangabeiras, Belo Horizonte.

 

Mirante de Arte Urbana da Rua Sapucaí

No coração de Belo Horizonte está o Mirante de Arte Urbana da Sapucaí, considerado o primeiro mirante de arte urbana do mundo.

Onde visitar: Rua Sapucaí, s/nº, Floresta, Belo Horizonte.

 

Mirante Morro do Cristo

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Visite Minas Gerais (@visiteminasgerais)

 

O ponto mais alto de Juiz de Fora abriga uma imagem de Cristo, e marca o ponto ideal para ter uma visão completa da cidade da Zona da Mata mineira.

Onde: Estrada Engenheiro Gentil Forn, s/n - São Pedro, Juiz de Fora.

 

Serra São Domingos

Bem no alto da Serra São Domingos está uma das visões mais bonitas de Poços de Caldas. Ali é um mix de paisagem natural e cultural, depende pra onde você olha.

Onde visitar: Serra São Domingos, s/n – Centro, Poços de Caldas.

 

Mirante JK

A paisagem da Pampulha é belíssima, ninguém discorda disso. De vários pontos da orla da lagoa da Pampulha é possível ter acesso a visadas da bela paisagem da região.

O Mirante JK é um deles. Abriga esculturas que homenageiam a genialidade dos envolvidos na criação da paisagem da Pampulha: Juscelino Kubitschek , Oscar Niemeyer, Burle Marx  e Cândido Portinari.

Onde visitar: Avenida Otacílio Negrão de Lima, 4188 – Pampulha, Belo Horizonte.

 

Mirante do Cristo

A 1.400 metros de altitude está o Mirante do Cristo, em que é possível avistar toda a cidade de Bueno Brandão e a natureza a sua volta.

Onde: Zona Rural, S/Nº, Cristo Redentor de Bueno Brandão, Bueno Brandão.

 

Muitas dicas, não? Mas a gente sabe que, com certeza, tem muitos outros mirantes belíssimos a serem conhecidos. Como nosso blog é colaborativo, deixamos aqui um abertura pra você participar diretamente da construção do nosso hall de mirantes imperdíveis. Dê a sua dica de mirante aqui mesmo nos comentários. Os 3 que não estiverem na nossa lista e mais se repetirem vão completar nossa lista de mirantes com as dicas bônus dos leitores do Daqui de Minas

Valendo!

 

Leia também: Passeios bate e volta saindo de BH.

Sobre o Autor

Júnia Gontijo Cândido

Turismóloga, apaixonada pela vida ao ar livre, dogs, livros, séries e rock'n'roll. Atua na Diretoria de Promoção e Marketing Turístico/Secult MG.

Comentários