Turismo em Minas Gerais | Terra dos Melhores Queijos do Mundo: Cerrado

Terra dos Melhores Queijos do Mundo: Cerrado

Foto por: Ronaldo Pereira da Silva (Queijos PAM)
Atualizado em: 14/05/2021

Terra dos Melhores Queijos do Mundo: Cerrado

 

Conheça os encantos de mais uma das regiões produtoras do queijo Minas! 

 

Os queijos são verdadeiros tesouros da cozinha mineira, o sabor inconfundível e as particularidades de cada uma das regiões produtoras fazem dos nossos queijos os melhores do mundo. Hoje é dia de falar dos Queijos do Cerrado

Além das técnicas produtivas passadas entre as gerações, as condições de clima e solo de  cada região conferem aos nossos queijos, sabores diferenciados e inconfundíveis. Por aqui já falamos dos queijos de  Araxá , das  Serras de Ibitipoca , Do  Serro , da  Canastra e do Campo das Vertentes e como as diferenças entre os ‘terroirs’ de cada uma funciona na produção dos queijos.  

As características de solo, água, relevo e até mesmo o clima da região contribuem para as diferentes formas da produção do queijo artesanal mineiro, o ‘terroir’, para falar do queijo do cerrado, vamos conhecer um pouco das características da região.  

Conhecendo a Região 

Os municípios produtores do queijo do cerrado estão localizados na região do Alto Paranaíba e entre eles podemos citar  Abadia dos Dourados Arapuá Carmo do Paranaíba , Coromandel,  Guimarânia Patos de Minas Patrocínio  entre outros.  

A região do Alto Paranaíba está a oeste do estado e é privilegiada pela fertilidade do solo, grande quantidade de água e pelo clima ameno, a agropecuária é uma das principais fontes de riqueza da região que está localizada próximo a grandes centros comerciais.  

Sabor do Cerrado 

Os queijos produzidos na região do Alto Paranaíba carregam consigo as características produtivas e também do ‘terroir’ da região. Os ingredientes obrigatórios são: leite de vaca cru integral, cultura láctea natural (pingo), coalho e sal.  

A consistência é semi-dura, mais puxado para macio, um aspecto que lembra a manteiga. De formato cilíndrico e coloração branca-amarelada, a crosta do queijo do cerrado é fina, amarelada, sem trincas. 

E aí? Maravilhoso descobrir mais essa região produtora de queijo Minas Artesanal, né? Vale a pena colocar na listinha de viagem, separa uns dias e um espacinho na barriga para saborear as delícias da região.  

Quer conhecer mais sobre as regiões queijeiras em Minas? Acesse aqui sobre o queijo Das  Serras de Ibitipoca .  

Sobre o Autor

Luís Carneiro

Mineiro dos pés à cabeça. Marketólogo. Turismólogo em formação. Estagiário da SECULT-MG que ama ver, ouvir e escrever sobre as belezuras desse Brasil

Comentários