Turismo em Minas Gerais | A Exuberante Serra do Cipó

Pegada Ecoturismo

marechal falconiere, 383 - europa
(31) 99591-5926 (31) 99591-5926

Descrição

Esta é a viagem perfeita para quem quer escapar do cenário urbano e curtir alguns dias junto à natureza conhecendo as maravilhas da Serra do Cipó e a maior cachoeira de Minas Gerias e terceira maior do Brasil no Parque Natural Municipal do Tabuleiro.

Localizada a 100 km de Belo Horizonte, a Serra do Cipó constitui um dos sistemas naturais mais fantásticos do mundo, com seus 34 mil quilômetros quadrados de área de preservação, considerada por paisagistas renomados como o jardim botânico do Brasil.

A topografia acidentada e a grande quantidade de nascentes formam diversos rios, cachoeiras, cânions e cavernas de excepcional beleza natural. Com altitudes que variam entre 700 e 1.670 metros de altitude, a Serra do Cipó localiza-se na porção sul da Serra do Espinhaço, importante divisor de duas grandes bacias hidrográficas brasileiras: a do São Francisco e a do Rio Doce.

Nenhum atributo caracteriza melhor a Serra do Cipó do que a sua diversidade, que começa em sua geologia com uma grande variedade de rochas-calcárias, quartzitos, granitos e variedades de solos.

É uma região com muitos atrativos e vem se tornando reduto favorito para os que têm predileção pela natureza e suas incontáveis belezas.

Neste roteiro também visitaremos uma das belezas naturais mais visitadas de Minas, a Cachoeira do Tabuleiro, também é conhecida como a “cachoeira do coração”, devido ao formato do paredão rochoso por onde despencam as águas e é uma das “7 Maravilhas da Estrada Real”.

Saída: Diária

2 a 15 pessoas

Serviços disponibilizados

Duração: 5 dias

  • Dia 1

    1° DIA - BELO HORIZONTE / SERRA DO CIPÓ Partida de Belo Horizonte com destino a Serra do Cipó, em um traslado de 90km (aproximadamente, 1h30). Ao chegarmos à Serra do Cipó, faremos check-in na pousada e teremos o restante do dia livre. Pernoite na Serra Cipó
  • Dia 2

    2° SERRA DO CIPÓ / CACHOEIRA DO TABULEIRO Após o café da manhã, às 8h saímos para Conceição do Mato Dentro, onde fica localizado o Parque do Tabuleiro. Cachoeira do Tabuleiro (Parte Baixa) – A mais alta de Minas Gerais, com 273m de queda livre. Assim que chegarmos ao parque, iniciaremos a trilha com destino à Cachoeira do Tabuleiro, com uma distância de 2,5km de caminhada até o poço da cachoeira, pegaremos uma trilha que inicialmente é plana, mas logo em seguida inicia-se uma descida por escada até o fundo do cânion da cachoeira, ponto onde a caminhada segue por dentro do curso do rio, daí em diante vamos seguir sem trilha pelo leito do rio e em vários pontos deveremos saltar pedras e atravessar pequenos trechos d’água até chegar no poço da cachoeira. Distância de caminhada: 5km ida e volta Desnível do terreno: 400m Pernoite na Serra Do Cipó Às 15h00 retorno para a pousada
  • Dia 3

    3° DIA - PARQUE NACIONAL DA SERRA DO CIPÓ / CACHOEIRA DO GAVIÃO / CACHOEIRA DAS ANDORINHAS Após o café da manhã, às 8h saímos rumo ao Parque Nacional da Serra do Cipó, com destino às Cachoeiras do Gavião e das Andorinhas, caminhada em terreno plano passando por campos abertos e pequenas matas de galeria, atravessando riachos cristalinos e pausando para banhos refrescantes nos poços das duas cachoeiras. Retorno com almoço tardio. Nível: médio; Percurso: 14 km ida e volta; Pernoite na Serra Do Cipó
  • Dia 4

    4° Dia - PASSEIO DE CAIAQUE OU STAND UP PADDLE / RIO CIPÓ / CACHOEIRA GRANDE Após o café da manhã, em horário combinado , sairemos para o nosso passeio. Caiaque ou stand up paddle contemplativo da fauna e flora ribeirinhas nas tranquilas águas do rio Cipó, com paisagem espetacular da Serra das Bandeirinhas e tempo para banho na Cachoeira Grande. Uma atividade de nível fácil, com duração de 3 horas.
  • Dia 5

    5° DIA - CHECK-OUT NA POUSADA Após café da manhã, em horário combinado, traslado para o aeroporto de Confins, embarque para a cidade de origem, volta para Belo Horizonte. A ordem dos passeios poderá sofrer alterações a critério do guia, sem prejuízo para o cliente, ou seja, não será obrigatoriamente a descrita no roteiro, devido à fatores climáticos, motivo técnico, logística ou força maior.