Turismo em Minas Gerais | Travessia Serra do Cipó: Alto Palácio x Cabeça de Boi

Montanero Expedições

Rua Barbosa de Resende, 142 - Grajaú
(31) 99107-5305 (31) 99107-5305

Descrição

A Travessia de Alto Palácio até Cabeça de Boi é uma variante da tradicional rota que se estende até a Serra dos Alves dentro do Parque Nacional da Serra do Cipó, que se encontra à 100km de Belo Horizonte. A Serra do Cipó pertence à formação geológica denominada Serra do Espinhaço, que forma a maior cadeia montanhosa do país, com mais de 1.200 Km entre os estados de Minas Gerais e Bahia. A trilha nos leva às terras mais remotas do Parque, onde predomina a pitoresca paisagem formada pelos campos rupestres, com alto grau de diversidade florística e de endemismo de suas espécies. O percurso passa pelo Travessão, acidente geográfico de singular beleza cênica, um divisor de águas entre as bacias do Rio São Francisco e do Rio Doce dentro dos limites do Parque Nacional. Banhos de cachoeiras também fazem da rota e ajudam a aliviar o forte calor do cerrado mineiro em área de transição com a Mata Atlântica. São necessários dois dias de trekking com um pernoite em acampamento selvagem para chegar até Cabeça de Boi, pequeno povoado do município de Itambé do Mato Dentro.

Saída: Diária

2 a 12 pessoas

Serviços disponibilizados

- Transfer BH x Serra do Cipó; - Transfer Cabeça de Boi x BH; - 1 pernoite em acampamento selvagem; - Alimentação integral na expedição (café da manhã, lanche de trilha e jantar quente); - Barracas duplas para pernoite; - Tralhas de Cozinha; - Guia Montanero; - Banho no final da expedição; - Seguro Contra Acidentes Pessoais.

Duração: 2 dias

  • Dia 1

    Saída de Belo Horizonte às 5:30 em transporte fretado com destino à Serra do Cipó, seguindo até a portaria do parque Alto Palácio. Deslocamento de aproximadamente 2:30h, com parada no caminho para reforçar o café da manhã. O primeiro trecho da travessia tem 8km, com subidas de baixa inclinação, passando próximo da cota de 1.500m de altitude, seguida de uma descida mais acentuada até o local da nossa primeira parada: uma pequena lapa onde se encontra preciosas pinturas rupestres em bom estado de conservação. O segundo trecho é o grande atrativo do dia: cruzar os 3km que forma o Travessão, único local possível de atravessar a montanha na direção Norte-Sul - daí a origem de seu nome. Em seguida, são mais 8km até o local do nosso acampamento, com ganho de aproximadamente 500m de elevação. Jantar e pernoite em barraca.
  • Dia 2

    Café da manhã sem pressa para desfrutar do segundo dia, bem diferente da dura jornada do dia anterior. Pela frente, teremos 8km de descida de baixa inclinação média. Em menos de 2h de caminhada, estaremos nas águas da Cachoeira da Maça, seguida da Cachoeira do Intancado. Depois de uma imersão regenerativa nas águas do rio preto, faltam apenas 3km até a estrada de terra onde nosso transfer estará nos esperando. Ele irá nos levar até o pequeno povoado conhecido como Cabeça de Boi, no município de Itambé do Mato Dentro. Faremos uma parada para um delicioso almoço caseiro, banho, roupa limpa e transfer de volta para Belo Horizonte, com previsão de chegada até as 20h.